Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Água Santa muda planos, demite Márcio Ribeiro e libera todos os jogadores

Banco de Dados Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Netuno foi eliminado na semifinal da Série A-2 pelo Santo André e vive expectativa da terceira vaga


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

30/04/2019 | 18:26


Márcio Ribeiro não é mais o treinador do Água Santa. Em decisão surpreendente, a diretoria do Netuno dispensou no fim da tarde desta terça-feira (30) o técnico e a maior parte do grupo que disputou a Série A-2 do Campeonato Paulista. A atitude significa mudança drástica de planejamento, já que anteriormente o clube havia divulgado que manteria o grupo para tentar uma vaga no Brasileiro da Série D por meio da Copa Paulista, que começa em junho.

Essa foi a segunda passagem de Márcio Ribeiro como técnico do Água Santa. Na primeira ele comandou os 85 jogos iniciais do clube no futebol profissional nas temporadas 2013, 2014, 2015 e 2016, levando o Netuno da Segundona (Quarta Divisão) até a elite do Campeonato Paulista. Neste último trabalho, assumiu o comando em 2018, salvou o time do rebaixamento à Série A-3 e na Série A-2 conseguiu a melhor campanha da competição, mas deixou o acesso escapar ao perder a semifinal para o Santo André.

"Estou tranquilo, chegou ao fim mais um ciclo. Foi uma mudança de planejamento do clube, eles querem economizar nessa Copa Paulista, até porque estão fazendo obra de ampliação no estádio. Dispensou também todos os jogadores, achei prematuro, mas aceitamos numa boa", comentou Márcio Ribeiro, que negou ter algum acordo para voltar em 2020. "Não tem nada combinado. O clube conta com a terceira vaga na elite, mas apenas no arbitral do fim do ano. Então, vamos esperar."

Do grupo titular que disputou a Série A-2, apenas o meia Luan Dias, revelado nas categoria de base e o zagueiro Luizão, tem contrato mais longo com o clube. O vínculo do primeiro vence dia em julho de 2022 e o do segundo, em 30 de novembro desta temporada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Água Santa muda planos, demite Márcio Ribeiro e libera todos os jogadores

Netuno foi eliminado na semifinal da Série A-2 pelo Santo André e vive expectativa da terceira vaga

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

30/04/2019 | 18:26


Márcio Ribeiro não é mais o treinador do Água Santa. Em decisão surpreendente, a diretoria do Netuno dispensou no fim da tarde desta terça-feira (30) o técnico e a maior parte do grupo que disputou a Série A-2 do Campeonato Paulista. A atitude significa mudança drástica de planejamento, já que anteriormente o clube havia divulgado que manteria o grupo para tentar uma vaga no Brasileiro da Série D por meio da Copa Paulista, que começa em junho.

Essa foi a segunda passagem de Márcio Ribeiro como técnico do Água Santa. Na primeira ele comandou os 85 jogos iniciais do clube no futebol profissional nas temporadas 2013, 2014, 2015 e 2016, levando o Netuno da Segundona (Quarta Divisão) até a elite do Campeonato Paulista. Neste último trabalho, assumiu o comando em 2018, salvou o time do rebaixamento à Série A-3 e na Série A-2 conseguiu a melhor campanha da competição, mas deixou o acesso escapar ao perder a semifinal para o Santo André.

"Estou tranquilo, chegou ao fim mais um ciclo. Foi uma mudança de planejamento do clube, eles querem economizar nessa Copa Paulista, até porque estão fazendo obra de ampliação no estádio. Dispensou também todos os jogadores, achei prematuro, mas aceitamos numa boa", comentou Márcio Ribeiro, que negou ter algum acordo para voltar em 2020. "Não tem nada combinado. O clube conta com a terceira vaga na elite, mas apenas no arbitral do fim do ano. Então, vamos esperar."

Do grupo titular que disputou a Série A-2, apenas o meia Luan Dias, revelado nas categoria de base e o zagueiro Luizão, tem contrato mais longo com o clube. O vínculo do primeiro vence dia em julho de 2022 e o do segundo, em 30 de novembro desta temporada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;