Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sto.André amplia ensino integral para os 12 Cesas

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Programa oferece atividades no contraturno; meta é atender 100% das escolas até 2023


Natália Fernandjes
do Diário do Grande ABC

16/04/2019 | 07:00


A Prefeitura de Santo André deu início, na noite de ontem, ao programa de educação integral do município. Denominado Mais Saber Integral, o projeto amplia em duas horas o atendimento a 1.200 estudantes da rede em 12 Cesas (Centros Educacionais de Santo André). A promessa da administração é estender o benefício a 100% das escolas até 2023.

A cidade já conta, desde 2017, com o Mais Saber, que amplia em duas horas a jornada dos estudantes com atividades no contraturno. No total, 1.700 alunos de 17 unidades do fundamental (1º ao 5º ano) são beneficiados.

Somando os dois projetos, a cidade passa a contar com 2.900 estudantes em 29 escolas com ensino em tempo integral, o correspondente a 50% das unidades de ensino da cidade (são 49 que atendem o ensino fundamental). “Podemos dizer que o Mais Saber Integral é uma ampliação do Mais Saber”, observa o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB).

medida vai ao encontro do que estabelece a meta seis do PNE (Plano Nacional da Educação) – Lei 13.005/2014. Até 2024, no mínimo 50% das escolas públicas devem oferecer jornadas diárias de sete horas ou mais e atender pelo menos 25% dos alunos da educação básica nesta modalidade.

Em Santo André, estudantes do matutino farão jornada entre 7h e 14h. Já alunos matriculados no período da tarde ficarão na escola das 11h às 18h. A proposta é que, além do conteúdo pedagógico obrigatório, no contraturno, as crianças recebam atividades culturais, esportivas e voltadas ao meio ambiente e cidadania, além de reforço em português e matemática, por exemplo.

“Estamos iniciando nova fase da Educação de Santo André. A ideia é que seja um programa permanente e que vamos instituir por meio de lei”, diz o prefeito. Conforme o chefe do Executivo, não será necessário investimento extra no Mais Saber Integral. “Inicialmente faremos uma reorganização dos professores e passaremos as atividades dos Cesas para os fins de semana.”

INGLÊS
Para o segundo semestre, o Mais Saber Integral contará com incremento de aulas de inglês. A administração iniciará, nos próximos dias, processo licitatório para contratar o serviço. “É algo inédito e que fará a diferença para ajudar na formação da geração andreense”, destaca Paulo Serra. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André amplia ensino integral para os 12 Cesas

Programa oferece atividades no contraturno; meta é atender 100% das escolas até 2023

Natália Fernandjes
do Diário do Grande ABC

16/04/2019 | 07:00


A Prefeitura de Santo André deu início, na noite de ontem, ao programa de educação integral do município. Denominado Mais Saber Integral, o projeto amplia em duas horas o atendimento a 1.200 estudantes da rede em 12 Cesas (Centros Educacionais de Santo André). A promessa da administração é estender o benefício a 100% das escolas até 2023.

A cidade já conta, desde 2017, com o Mais Saber, que amplia em duas horas a jornada dos estudantes com atividades no contraturno. No total, 1.700 alunos de 17 unidades do fundamental (1º ao 5º ano) são beneficiados.

Somando os dois projetos, a cidade passa a contar com 2.900 estudantes em 29 escolas com ensino em tempo integral, o correspondente a 50% das unidades de ensino da cidade (são 49 que atendem o ensino fundamental). “Podemos dizer que o Mais Saber Integral é uma ampliação do Mais Saber”, observa o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB).

medida vai ao encontro do que estabelece a meta seis do PNE (Plano Nacional da Educação) – Lei 13.005/2014. Até 2024, no mínimo 50% das escolas públicas devem oferecer jornadas diárias de sete horas ou mais e atender pelo menos 25% dos alunos da educação básica nesta modalidade.

Em Santo André, estudantes do matutino farão jornada entre 7h e 14h. Já alunos matriculados no período da tarde ficarão na escola das 11h às 18h. A proposta é que, além do conteúdo pedagógico obrigatório, no contraturno, as crianças recebam atividades culturais, esportivas e voltadas ao meio ambiente e cidadania, além de reforço em português e matemática, por exemplo.

“Estamos iniciando nova fase da Educação de Santo André. A ideia é que seja um programa permanente e que vamos instituir por meio de lei”, diz o prefeito. Conforme o chefe do Executivo, não será necessário investimento extra no Mais Saber Integral. “Inicialmente faremos uma reorganização dos professores e passaremos as atividades dos Cesas para os fins de semana.”

INGLÊS
Para o segundo semestre, o Mais Saber Integral contará com incremento de aulas de inglês. A administração iniciará, nos próximos dias, processo licitatório para contratar o serviço. “É algo inédito e que fará a diferença para ajudar na formação da geração andreense”, destaca Paulo Serra. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;