Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Após 17 anos, 6º DP passa a funcionar 24 horas em Santo André

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Unidade integra Quarteirão da Segurança, que conta com inspetoria da GCM e atendimento social


Aline Melo
do Diário do Grande ABC

13/04/2019 | 07:00


Após 17 anos de espera, o 6º DP (Distrito Policial) de Santo André vai passar a funcionar 24 horas. O equipamento integra o Quarteirão da Segurança, inaugurado ontem, na Vila Mazzei. Além do atendimento da Polícia Civil, a unidade conta com inspetoria da GCM (Guarda Civil Municipal) e atendimento social.

O prédio, de propriedade da Prefeitura, foi reformado pela administração municipal ao custo de R$ 823 mil. O secretário de Segurança Cidadã, Edson Sardano, lembrou que, desde 2002, quando o equipamento foi construído, com recursos do governo federal, era aguardado o decreto do governo estadual mudando a classe do DP e autorizando o funcionamento por 24 horas. “Não houve, neste meio-tempo, o envolvimento político necessário”, explicou.

O Quarteirão da Segurança é um projeto piloto que integra serviços de segurança pública com atendimento social, inspirado no modelo dos antigos CICs (Centros Integrados de Cidadania). “Essa região não contava com delegacia 24 horas e, muitas vezes, isso acaba fazendo com que a pessoa não registre o boletim de ocorrência. Esse novo equipamento, além de aumentar a sensação de segurança da população, vai melhorar o mapeamento de índices criminais e as operações que são realizadas de forma integrada”, afirmou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

Com a atuação do 6º DP por 24 horas, o 4º DP, na Rua Catequese, no bairro Jardim, voltará a ter expediente das 8h às 19h. O 1º DP, na Xavier de Toledo, no Centro, e o 2º DP, na Rua Angatuba, Vila São Pedro, também vão funcionar ininterruptamente.

Titular do 6° DP, o delegado Luiz Henrique Ribeiro Archote destacou que as novas instalações melhoram as condições de trabalho dos profissionais e, consequentemente, qualificam o atendimento à população. Sobre o serviço de equipe social – inicialmente vai estar no local durante 24 horas, mas pode atuar também em regime de plantão, de acordo com a demanda –, Archote avaliou que é uma medida para potencializar o trabalho da polícia. “Muitas vezes, chegam até nós problemas que não são casos de polícia, mas questões sociais. Isso vai ajudar a resolver a situação quando não houver necessidade de investigação ou registros de ocorrências”, completou.

O secretário de Cidadania e Assistência Social, Marcelo Delcir, destacou que, dos 200 mil moradores da região onde o equipamento está sendo inaugurado, cerca de 85 mil estão em situação de vulnerabilidade. “Poderemos fazer uma triagem junto à Polícia Civil para identificar quais são, exatamente, as vulnerabilidades e as necessidades da população”, pontuou.

Foram investidos R$ 823 mil na readequação dos três andares. Houve desde revisão e troca da instalação elétrica e hidráulica, serviços de pintura e paisagismo, construção de novos acessos, reconstrução do telhado até instalação de carceragem temporária para ocorrências. O Quarteirão da Segurança, dentro desta nova proposta, vai otimizar ainda a atuação dos guardas-civis municipais, que reduzirão os deslocamentos para outros distritos policiais na apresentação de ocorrências. 

Prefeitura prevê inaugurar mais dois equipamentos até o ano que vem

A Prefeitura de Santo André pretende expandir o modelo de Quarteirão da Segurança e inaugurar, até o ano que vem, outros dois equipamentos na cidade. 

Um deles será implantado no bairro Campestre – compreenderá o 4º DP (Distrito Policial), atualmente no bairro Jardim, a delegacia seccional, a 2ª Cia do 10º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e uma inspetoria da GCM, e deve começar a ser instalado no segundo semestre deste ano. 

Um terceiro Quarteirão da Segurança é planejado para ser instalado no início de 2020, no 2º Subdistrito, próximo à Rua Martim Francisco, em local ainda a ser definido. A expectativa é a de que o 2º DP, atualmente na Vila São Pedro, seja transferido para o complexo. “A ideia é tirar os distritos que estão em imóveis alugados para áreas próprias, melhorando as condições de trabalho e atendimento e economizando recursos municipais”, afirmou o prefeito Paulo Serra (PSDB).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após 17 anos, 6º DP passa a funcionar 24 horas em Santo André

Unidade integra Quarteirão da Segurança, que conta com inspetoria da GCM e atendimento social

Aline Melo
do Diário do Grande ABC

13/04/2019 | 07:00


Após 17 anos de espera, o 6º DP (Distrito Policial) de Santo André vai passar a funcionar 24 horas. O equipamento integra o Quarteirão da Segurança, inaugurado ontem, na Vila Mazzei. Além do atendimento da Polícia Civil, a unidade conta com inspetoria da GCM (Guarda Civil Municipal) e atendimento social.

O prédio, de propriedade da Prefeitura, foi reformado pela administração municipal ao custo de R$ 823 mil. O secretário de Segurança Cidadã, Edson Sardano, lembrou que, desde 2002, quando o equipamento foi construído, com recursos do governo federal, era aguardado o decreto do governo estadual mudando a classe do DP e autorizando o funcionamento por 24 horas. “Não houve, neste meio-tempo, o envolvimento político necessário”, explicou.

O Quarteirão da Segurança é um projeto piloto que integra serviços de segurança pública com atendimento social, inspirado no modelo dos antigos CICs (Centros Integrados de Cidadania). “Essa região não contava com delegacia 24 horas e, muitas vezes, isso acaba fazendo com que a pessoa não registre o boletim de ocorrência. Esse novo equipamento, além de aumentar a sensação de segurança da população, vai melhorar o mapeamento de índices criminais e as operações que são realizadas de forma integrada”, afirmou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

Com a atuação do 6º DP por 24 horas, o 4º DP, na Rua Catequese, no bairro Jardim, voltará a ter expediente das 8h às 19h. O 1º DP, na Xavier de Toledo, no Centro, e o 2º DP, na Rua Angatuba, Vila São Pedro, também vão funcionar ininterruptamente.

Titular do 6° DP, o delegado Luiz Henrique Ribeiro Archote destacou que as novas instalações melhoram as condições de trabalho dos profissionais e, consequentemente, qualificam o atendimento à população. Sobre o serviço de equipe social – inicialmente vai estar no local durante 24 horas, mas pode atuar também em regime de plantão, de acordo com a demanda –, Archote avaliou que é uma medida para potencializar o trabalho da polícia. “Muitas vezes, chegam até nós problemas que não são casos de polícia, mas questões sociais. Isso vai ajudar a resolver a situação quando não houver necessidade de investigação ou registros de ocorrências”, completou.

O secretário de Cidadania e Assistência Social, Marcelo Delcir, destacou que, dos 200 mil moradores da região onde o equipamento está sendo inaugurado, cerca de 85 mil estão em situação de vulnerabilidade. “Poderemos fazer uma triagem junto à Polícia Civil para identificar quais são, exatamente, as vulnerabilidades e as necessidades da população”, pontuou.

Foram investidos R$ 823 mil na readequação dos três andares. Houve desde revisão e troca da instalação elétrica e hidráulica, serviços de pintura e paisagismo, construção de novos acessos, reconstrução do telhado até instalação de carceragem temporária para ocorrências. O Quarteirão da Segurança, dentro desta nova proposta, vai otimizar ainda a atuação dos guardas-civis municipais, que reduzirão os deslocamentos para outros distritos policiais na apresentação de ocorrências. 

Prefeitura prevê inaugurar mais dois equipamentos até o ano que vem

A Prefeitura de Santo André pretende expandir o modelo de Quarteirão da Segurança e inaugurar, até o ano que vem, outros dois equipamentos na cidade. 

Um deles será implantado no bairro Campestre – compreenderá o 4º DP (Distrito Policial), atualmente no bairro Jardim, a delegacia seccional, a 2ª Cia do 10º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e uma inspetoria da GCM, e deve começar a ser instalado no segundo semestre deste ano. 

Um terceiro Quarteirão da Segurança é planejado para ser instalado no início de 2020, no 2º Subdistrito, próximo à Rua Martim Francisco, em local ainda a ser definido. A expectativa é a de que o 2º DP, atualmente na Vila São Pedro, seja transferido para o complexo. “A ideia é tirar os distritos que estão em imóveis alugados para áreas próprias, melhorando as condições de trabalho e atendimento e economizando recursos municipais”, afirmou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;