Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Verba para Brumadinho será usada em compra de cestas básicas e alojamento

Israel Defense Forces/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/01/2019 | 20:04


Os R$ 801,974 milhões que o governo federal destinou para ações emergenciais em Brumadinho (MG) vão ser usados prioritariamente para ações de socorro e assistência às vítimas do rompimento da barragem no município mineiro, como fornecimento de cestas básicas e oferta de alojamento, detalhou o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 30.

Ele citou que poderão ser comprados kits de emergência como barracas para dormitório, água, colchões, alimentação e materiais de higiene pessoal. O material visa a atender principalmente crianças e idosos e inclui ainda fraldas descartáveis, disse Rêgo Barros.

Em nota, o Ministério da Economia acrescentou que, caso necessário, "há a possibilidade de aumentar a dotação orçamentária a qualquer tempo e sem limite de valor para tais ações, respeitando a meta fiscal e o teto de gastos e dentro do universo de ações que são de competência do governo federal". Os recursos liberados fazem partes de valor já assegurado no Orçamento de 2019, esclareceu a pasta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Verba para Brumadinho será usada em compra de cestas básicas e alojamento


30/01/2019 | 20:04


Os R$ 801,974 milhões que o governo federal destinou para ações emergenciais em Brumadinho (MG) vão ser usados prioritariamente para ações de socorro e assistência às vítimas do rompimento da barragem no município mineiro, como fornecimento de cestas básicas e oferta de alojamento, detalhou o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 30.

Ele citou que poderão ser comprados kits de emergência como barracas para dormitório, água, colchões, alimentação e materiais de higiene pessoal. O material visa a atender principalmente crianças e idosos e inclui ainda fraldas descartáveis, disse Rêgo Barros.

Em nota, o Ministério da Economia acrescentou que, caso necessário, "há a possibilidade de aumentar a dotação orçamentária a qualquer tempo e sem limite de valor para tais ações, respeitando a meta fiscal e o teto de gastos e dentro do universo de ações que são de competência do governo federal". Os recursos liberados fazem partes de valor já assegurado no Orçamento de 2019, esclareceu a pasta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;