Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Manuela e a relação com ‘Eduardos Leite’

Deputada estadual e virtual candidata a vice na chapa presidencial do PT, Manuela D’Ávila (PCdoB)


Raphael Rocha

07/09/2018 | 07:05


Deputada estadual e virtual candidata a vice na chapa presidencial do PT, Manuela D’Ávila (PCdoB) passou rapidamente pelo calçadão da Rua Coronel Oliveira Lima, em Santo André, na manhã de quarta-feira. Estava ladeada de candidatos a deputado da cidade, como Vanderlei Siraque (PCdoB-estadual), Luiz Turco (PT-estadual) e Eduardo Leite (PT-federal). No pequeno palanque improvisado, ela pediu votos para Siraque e para Turco, mas titubeou ao falar de Eduardo Leite. Porém, há uma explicação. O vereador petista de Santo André é homônimo a um dos principais adversários de Manuela no Rio Grande do Sul. Ex-prefeito de Pelotas e filiado ao PSDB, Eduardo Leite gaúcho é candidato agora a governador do Estado. A comunista explicou ao Eduardo Leite petista que qualquer frase de apoio com o nome completo dele poderia ser usado contra ela em seu Estado natal. Então, Manuela apenas defendeu voto em “Eduardo”.

Foi para Gilmar
Nesta semana, esta coluna mostrou que um dos habeas corpus protocolado pela defesa do prefeito afastado de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) havia sido sorteado para o gabinete da ministra Rosa Weber, mas que a tendência era a de redistribuição para Gilmar Mendes, ministro que concedeu liberdade a Atila. A movimentação se confirmou e esse pedido de reconsideração de medidas restritivas feito por advogados do socialista será analisado por Gilmar.

Multa
O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) confirmou a aplicação de multa de R$ 40 mil para o candidato ao governo de São Paulo pelo PT, o ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho, por uso indevido da figura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu programa de rádio e TV no horário eleitoral. Cabe recurso ao petista.

Reforma aprovada
A Câmara de Ribeirão Pires aprovou, por 17 votos a zero, projeto de reforma administrativa patrocinada pelo prefeito Adler Kiko Teixeira (PSB). O texto visa atender exigências do Ministério Público, que questionou a possibilidade de livre nomeação para cargos concursados. A mudança significativa no projeto foi a retirada da criação de vagas de subprefeitos locais.

Nova data
Após dois cancelamentos, o vereador Willians Bezerra (PT), de Santo André, pediu nova data para realizar audiência pública para debater o transporte coletivo na cidade e o sistema de gratuidade. O petista agora quer fazer o debate no dia 23 de novembro, depois da eleição, às 19h. A data já foi reservada pelo presidente da Casa, Almir Cicote (Avante).

Ficou no quase
Na semana passada, o filho do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), e candidato a deputado estadual, Thiago Auricchio (PR), lançou sua campanha e teve como mestre de cerimônia o ex-vereador Gilberto Costa (Patriota). Mas uma cena chamou a atenção. No palanque estava o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), que estava entusiasmado, porque prometeram que ele seria o primeiro a discursar. A frustração veio na sequência, pois Gilberto Costa deu a palavra inicial ao presidente da Câmara e coordenador da campanha de Thiago, Pio Mielo (MDB).

Tática
Segue a estratégia do vereador Professor Minhoca (PSDB), de Santo André, de dar chance de suplentes exercerem o mandato temporariamente na Câmara. Depois de tirar licença e ceder a vaga para Alex Pereira, quarto suplente do PSDB, por quase um mês, Minhoca, que é candidato a deputado estadual, sairá da Casa por 15 dias e, desta vez, quem assumirá o posto é Fábio Roberto Hilário Gonçalves, que recebeu 1.000 votos e foi o quinto suplente da legenda no pleito de 2016. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;