Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Candidato do MS espera técnicos consertarem urna para votar


Do Diário do Grande ABC

01/10/2000 | 15:35


O candidato à reeleiçao em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, prefeito André Puccinelli (PMDB), favorito nas pesquisas, votou com quase uma hora e meia de atraso, em funçao de um problema técnico na urna eletrônica.

A impressora de sua seçao estava com defeito. O local de votaçao só começou a funcionar às 8h54. Puccinelli, que pode se reeleger já no primeiro turno e ser o candidato majoritário mais votado entre os concorrentes das capitais, votou às 9h25.

Ele chegou ao local de votaçao, num colégio no centro da cidade, às 8h05. Aguardou na fila a soluçao do problema pelos técnicos do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que dispoe de 644 urnas eletrônicas reservas em todo o Mato Grosso do Sul, para substituir as que apresentarem problemas durante a votaçao.

Puccinelli disse que está disputando a primeira colocaçao, entre os candidatos a prefeito das capitais, com o tucano de Vitória (ES), Luiz Paulo Vellozo. O capixaba tem uma pequena vantagem em relaçao a Puccinelli. O prefeito de Campo Grande tem 70,3% das intençoes de voto e Vellozo 71%.

O segundo colocado nas eleiçoes majoritárias de Campo Grande é o deputado federal Eurídio Ben-Hur Ferreira (PT). O petista tem 14% das intençoes de voto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;