Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Paulo Serra, mire-se no exemplo do Dr. Pezzolo


Ademir Medici

30/06/2018 | 07:00


 O caso do centro logístico de Paranapiacaba, tão bem abordado pelo Diário em manchete na quinta-feira, na reportagem de Daniel Macário, faz lembrar o saudoso prefeito Antonio Pezzolo, que governou Santo André entre 1973 e 1977.

O engenheiro Pezzolo entra para a história pela visão que teve de preservar todo o Parque do Pedroso, a antiga Chácara da GE (hoje Celso Daniel) e por ter criado a Cicpaa (Comissão Intermunicipal de Controle da Poluição das Águas e do Ar), que deu origem à Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

A Cicpaa surgiu na década de 1950, anos-luz antes da LPM (Lei de Proteção aos Mananciais), esta de 1976. E a preservação das ilhas verdes que Pezzolo defendeu ocorreu há mais de 40 anos, quando não tínhamos Consórcio Intermunicipal e os prefeitos não eram chamados de gestores.

Santo André, o Grande ABC e o Estado de São Paulo não podem se esquecer do prefeito Antonio Pezzolo, um visionário, um humanista, nosso primeiro grande ambientalista – e com todos esses predicados, um homem sábio, simples e bom, que nos últimos anos de sua vida ia de trem, ônibus ou carona para o trabalho na Cetesb, em São Paulo.

 

MANANCIAIS

Divulga-se que a LPM veio para preservar os mananciais. Simples assim. A LPM foi gerada para brecar todo projeto que atingisse de morte reservas florestais, nascentes e rios livres da poluição urbana.

A LPM segurou projetos interessantes, como o Parque Metropolitano Sul. Restringiu o Parque Industrial dos Imigrantes. Impediu a abertura do anel ferroviário do Grande ABC. E não fosse a LPM, a ocupação dos mananciais por submoradias e loteamentos clandestinos e irregulares seria ainda maior.

Nos últimos anos os tais gestores públicos têm driblado a lei de 1976. A abertura do Rodoanel feriu a flora e a fauna do quintal do Grande ABC.

E agora vem esse projeto milionário que pretende usar o solo sagrado de Paranapiacaba como porto seco que desmatará uma área equivalente a 91 campos de futebol, como escreveu Daniel Macário.

 

AMBIENTALISTAS

Antonio Pezzolo teve seguidores. Lembramos sempre de Fernando Victor de Araujo Alves, de Diadema, que partiu prematuramente, mas formou elementos como este baluarte chamado Virgílio Alcides de Farias, presidente do MDV (Movimento em Defesa da Vida) – entidade sem fins lucrativos nascida na casa da saudosa Odette Tavares Bellinghausen, em São Bernardo. Força, Virgílio. Força, Promotoria de Meio Ambiente.

 

PEZZOLO E SERRA

E por que estamos publicando os retratos dos prefeitos Antonio Pezzolo e Paulo Serra? Para homenagear o primeiro e lembrar ao segundo que a sua administração não pode entrar para a história por eventualmente permitir este estrago ambiental. Paulinho Serra, siga o exemplo do também andreense Antoninho Pezzolo.

Tá faltando água. Tempo de seca, baixam os níveis dos reservatórios. Desmatem Paranapiacaba e vocês tornarão ainda mais graves os problemas de abastecimento. E o tal porto seco transformará o solo de Paranapiacaba numa terra arrasada.

 

ESTAÇÃO BIOLÓGICA

Paranapiacaba possui uma centenária estação biológica à direita de quem se dirige à vila ferroviária, verdadeiro paraíso ecológico. Herança dos administradores estaduais do começo do século 20. Gente de visão. Os verdadeiros gestores públicos.

Amigo Daniel Macário, fica a sugestão: visite a estação e demonstre aos investidores e administradores deste novo milênio o que os nossos antepassados legaram. Sem mordomias. Sem narizes empinados.

 

O romantismo picante de Wando

Texto: Milton Parron

 

Wanderley Alves dos Reis vai contar sua trajetória de vida artística durante a qual colheu muitas flores. A contrapartida foram os espinhos que o feriram, e não foram poucos.

Porém, Wanderley, que a avó materna desde bebê passou a chamá-lo por um apelido que os fãs também adotaram, Wando, era como o sândalo, que perfuma o machado que o fere, nunca guardou mágoas, nunca cultivou a vingança.

Por essa razão conquistou tantos amigos, tantos admiradores.

Wando morreu no dia 8 de fevereiro de 2012, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, aos 60 anos de idade, de parada cardiorrespiratória.

Recorrendo aos meus arquivos pessoais e ao acervo do Cedom (Centro de Documentação e Memória da Rádio Bandeirantes), encontramos o próprio Wando narrando os momentos marcantes de sua vida artística e pessoal.

Vários de seus grandes sucessos serão apresentados, Fogo e Paixão, Gosto de Maçã, O importante é Ser Fevereiro e Moça. Aliás, em Moça, de 1975, observa-se que as letras já continham os elementos que fariam de Wando, na ótica dos falsos puritanos, o obsceno da MPB de tempos modernos, quando deveriam era enxergar um ‘romantismo com toque levemente picante’, como me descreveu numa entrevista, muitos anos atrás, outro gênio da nossa música, Moacir Franco.

 

Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – Memória. Wando, Fogo e Paixão. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h da madrugada.

 

Em 30 de junho de...

1938 – Encenado drama no São Caetano EC.

1978 – Banespa inaugura posto no Fórum de Santo André.

Fundado o EC Palestrinha, do Jardim Nazareth, em São Bernardo.

1983 – Professoras de São Caetano criam a Cabana, sigla que significou, no início, Colegas-Amigas-Bartolomeu-Abraçam-Novas-Atividades, em alusão à EE Bartolomeu Bueno da Silva.

 

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 30 de junho de 1988 – ano 30, edição 6792

Manchete – Constituinte oficializa o calote com a anistia da correção monetária sobre os empréstimos de até 5.000 OTNs.

Guido Fidelis (Crônica) – Na rua, conversa entre dois escritores.

Polícia – Identificado pistoleiro Nonô, terror da Vila Esperança, em São Bernardo.

 

Hoje

Dia do Caminhoneiro

Dia do Economiário

 

Santos do Dia

Primeiros mártires de Roma

Teobaldo di Provins

Bv. Januário Maria Sarnelli

 

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários neste dia 30 de junho:

No Rio de Janeiro, Comendador Levy Gasparian e Japeri

Na Bahia, Cotegipe e Porto Seguro

Em São Paulo, Guarujá

No Piauí, Monte Alegre do Piauí

No Ceará, Salitre

Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;