Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump pede para que membros da ONU confrontem os que ameaçam com o terror

Foto: EVAN VUCCI/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/10/2017 | 00:04


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou sua proclamação no Dia das Nações Unidas para pedir aos 193 Estados-membros que trabalhem juntos e confrontem "aqueles que ameaçam com caos, turbulência e terror".

Sublinhando a importância do multilateralismo, ele reafirmou o comprometimento dos EUA com os objetivos da ONU e disse que seu propósito "permanece essencial hoje" para que várias nações cooperem "para preservar a soberania, aumentar a segurança, construir a prosperidade e promover os direitos humanos e liberdades fundamentais".

As palavras de Trump vêm antes de uma reunião do presidente com o secretário-geral da ONU, António Guterres na Casa Branca. Eles devem discutir questões como Coreia do Norte, Mianmar, Síria, Iraque, terrorismo e a reforma da ONU. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump pede para que membros da ONU confrontem os que ameaçam com o terror


25/10/2017 | 00:04


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou sua proclamação no Dia das Nações Unidas para pedir aos 193 Estados-membros que trabalhem juntos e confrontem "aqueles que ameaçam com caos, turbulência e terror".

Sublinhando a importância do multilateralismo, ele reafirmou o comprometimento dos EUA com os objetivos da ONU e disse que seu propósito "permanece essencial hoje" para que várias nações cooperem "para preservar a soberania, aumentar a segurança, construir a prosperidade e promover os direitos humanos e liberdades fundamentais".

As palavras de Trump vêm antes de uma reunião do presidente com o secretário-geral da ONU, António Guterres na Casa Branca. Eles devem discutir questões como Coreia do Norte, Mianmar, Síria, Iraque, terrorismo e a reforma da ONU. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;