Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Com musical, a magia do castelo está de volta

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

10/09/2017 | 07:30


Luzes, som, figurinos coloridos e personagens que marcaram uma geração e fazem sucesso até os dias de hoje. Ao ouvir a tradicional canção ‘Bum Bum Bum, Castelo Rá-Tim-Bum’, não resta dúvidas, Nino, o feiticeiro de 300 anos, junto à sua família (tio Victor e sua tia-avó Morgana, com 3.000 e 6.000 anos de idade, respectivamente) estão de volta, agora no palco com o Castelo Rá-Tim-Bum – O Musical, sob direção de Léo Rommano.

O projeto, que começou a ser construído em 2013, nasceu da série de sucesso da TV Cultura nos anos 1990. Apesar de os personagens e cenários serem familiares, as canções são novas e contam a história de Nino, que sofre por fazer parte de uma família de feiticeiros e não ser um menino ‘normal’.

No dia de seu aniversário, o garoto deixa a tristeza de lado com a chegada de Pedro, Biba e Zequinha, três crianças sem magia, mas com o poder de alegrar a vida de Nino. O que os amigos não contavam é que Dr. Abobrinha, um homem que tem interesse em ficar com o castelo, agitaria o desenrolar da história.

Entre cenários e música, personagens ilustres não ficam de fora. Gato pintado, o cuidador da biblioteca; os irmãos cientistas do Castelo, Tíbio e Perônio; Mau e seu amigo Godofredo, habitantes dos encanamentos; Celeste, a cobra falante que vive na árvore; Caipora, personagem do folclore brasileiro; Etevaldo, garoto alienígena de planeta não conhecido, e Penélope, jovem repórter, além de todos outros amigos de Nino, contribuem para que a diversão no palco seja garantida. Aos novos e antigos fãs, vale a pena mergulhar nessa história, mais uma vez.

PROGRAMAÇÃO - As apresentações acontecem aos sábados e domingos, às 11h e às 16h, até 19 de novembro, no Teatro Opus (Avenida das Nações Unidas, 4.777), no Shopping Villa-Lobos, em São Paulo. Os ingressos variam entre R$ 50 e R$ 120 (R$ 25 a R$ 60 – meia-entrada), dependendo do setor.


Garoto da região no palco do espetáculo

Um dos atores que fazem o personagem Zequinha (o amigo mais novo de Nino), no Castelo Rá-Tim-Bum – O Musical, é Murillo Martins, de Santo André. Apesar de já ter feito teatro há algum tempo, este é o segundo musical profissional do garoto, que estreou em janeiro deste ano com Carrossel, o Musical.

“Minha expectativa é das melhores. Estou animado e muito confiante com o trabalho. Está sendo muito bom para mim”, relata Murillo.

Apesar de ter 11 anos e não ter visto a série quando passou na televisão pela primeira vez, o jovem ator já tem carinho pelo personagem e pela trama. Exemplo disso são suas dedicação e preparação. “Há cerca de seis semanas venho me dedicando a esse trabalho. Para um musical o ator precisa ter fôlego, cantar bem, interpretar e dançar. Tudo ao mesmo tempo.”

Dentre as ‘regras’, Murillo conta que não come chocolate nem morangos, a fim de deixar a “voz limpa e boa”, e se hidrata com frequência. “É preciso tomar água, quando possível, inclusive, entre uma cena e outra.” Com tamanho carinho pelo trabalho, o caminho de Murillo está apenas começando.

E tem mais


DESENHO. A coleção de livros do Castelo Rá-Tim-Bum, publicada pela Companhia das Letrinhas nos anos 1990, é toda desenhada pelo ilustrador do Diário Fernandes – em parceria com o também ilustrador Girotto –, onde atua há 31 anos. Cada obra traz a história de um personagem.

A coleção completa está na exposição Rá-Tim-Bum – o Castelo, aberta no Memorial da América Latina (Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664. Tel.: 3823-4600), em São Paulo, desde abril. As visitas acontecem de terça a sexta-feira, das 9h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 22h – sem data agendada para o fim. Cada sessão de visita dura 40 minutos. Os ingressos custam entre R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20. Mais informações estão no site www.ratimbumocastelo.com.br.


NAS TELONAS. O sucesso da série foi tamanho que a história de Nino foi parar no cinema, em 1999. No longa, o aprendiz de feiticeiro tem a aparência de um garoto. Ansioso por ter vida normal, ele acaba participando, involuntariamente, de uma trama orquestrada por sua tia Losângela, que pretende roubar o livro de magias de Morgana, sua tia-avó.


NA TV. Considerado um dos grandes sucessos da TV Cultura, o Castelo Rá-Tim-Bum foi produzido e exibido pela emissora entre 1994 e 1997, com um total de 90 episódios.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com musical, a magia do castelo está de volta

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;