Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Itamaraty localiza 140 brasileiros na Ásia


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

30/12/2004 | 21:07


Levantamento do Ministério das Relações Exteriores divulgado na noite desta quinta-feira revela que há pelo menos 102 brasileiros desaparecidos após o maremoto que destruiu várias cidades asiáticas no último domingo. Apesar disso, o diretor do departamento de Ásia e Oceania, embaixador Edmundo Fujita, mostrou números positivos. Até o fim da tarde desta quinta, 140 brasileiros que estavam entre os 242 procurados na Ásia foram localizados pelo Itamaraty. Outros quatro, que não constavam como desaparecidos, foram localizados vivos.

Para facilitar a procura, o Ministério de Relações Exteriores criou centros para atender às famílias durante 24 horas. Os telefones do plantão são (61) 411 6999 ou 411 6456. Há também o endereço eletrônico dac@mre.gov.br. "Recebemos 450 chamadas e 220 e-mails procurando vítimas. Mas é importante ressaltar que este não é o número de desaparecidos, porque as pessoas ligam quatro, cinco vezes registrando o mesmo nome", explica o diretor do Departamento das Comunidades Brasileiras no Exterior, Manoel Gomes Pereira.

O governo participa ainda de um esforço conjunto de ajuda humanitária. Serão enviados para a Tailândia, país mais devastado pelas ondas gigantes, oito toneladas de alimentos e outras oito toneladas de 33 tipos de medicamentos. Arroz, macarrão, açúcar, antibióticos e pastilhas para purificação da água são os principais itens. O comitê da crise, composto por membros do governo, decide, ainda nesta quinta, se o Brasil envia um outro carregamento.

Alimentos e roupas lideram as listas de doações. Mas, de acordo com Fujita, existem regras até para a generosidade. "A primeira orientação é se informar junto às embaixadas, aos organismos e aos ministérios quais são os recursos de primeira necessidade que realmente são demandados. Isso ajuda a tornar mais efetivo o auxílio brasileiro", explica

Outra alternativa é procurar a Cruz Vermelha, que está cadastrando voluntários. O telefone para mais informações é o 21 2221 0658.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;