Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Geovane encerra
jejum do Azulão

Atacante faz dois gols na vitória sobre o Botafogo e equipe
se distancia da zona de degola, subindo para 13ª colocação


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

29/03/2012 | 07:00


Enfim, acabou o jejum do São Caetano, após oito jogos - exatos 45 dias. O time virou (3 a 2) sobre o Botafogo ontem à noite, em Ribeirão Preto. Com dois gols de Geovane, a equipe subiu para a 13ª posição (19 pontos), e se afastou da zona de rebaixamento.

 

Coincidentemente, a última vitória havia sido contra outra equipe da mesma cidade, o Comercial, no dia 12 de fevereiro. O Botafogo segue ameaçado. É o 19º, com dez pontos.

Os dois times fizeram partida digna das campanhas no Estadual. Desorganizados, protagonizaram jogo tecnicamente fraco. Ainda assim, o mandante foi um pouco melhor nos primeiros minutos. Tomou a iniciativa e usou os lados para abrir espaços, já que a proposta do visitante era bem clara: defender e sair nos contragolpes. Tanto que Márcio Araújo sacou o meia Isael do time para jogar com três volantes - Moradei, Anselmo e Marcone -, e colocou o velocista Kleber mais à frente junto com o atacante Geovane. Kleber vinha atuando como um tipo de terceiro volante em outras partidas do Azulão.

A estratégia deu certo, porque ao mesmo tempo em que ameaçava, o Botafogo dava espaços e não marcava mal. Mesmo assim, abriu o placar aos 28 minutos, em bola parada. Após cobrança de falta de Alessandro, Marco Aurélio dividiu com Gabriel e o zagueiro do Azulão fez contra, aos 28.

A comemoração durou apenas dois minutos. Com a desvantagem o São Caetano teve de sair para o jogo e empatou em chute cruzado de Diego. Aos 35, o Azulão quase fez o segundo. Geovane recebeu na entrada da área e, com um leve toque de calcanhar, deixou Kleber de frente para o goleiro Rafael. Mas ele chutou nas pernas do adversário.

A virada aconteceu no minuto seguinte. Desta vez foi Geovane quem recebeu de Kleber e chutou forte de fora da área no canto esquerdo (2 a 1).

Assustado, o Botafogo tratou de se arrumar no campo de defesa e foi mais cauteloso nas saídas ao ataque. Assim, só levou perigo novamente aos 43 ao aproveitar bobeada de Balu, que deixou Alex cruzar da intermediária. A bola atravessou a área e Alessandro dividiu com Diego. A bola passou rente ao travessão, para felicidade do goleiro Fábio.

O Azulão não voltou bem do intervalo e após dois sustos sofreu o empate. Gabriel deu passagem e Edson bateu no canto direito de Fábio (2 a 2), aos 21.

Em seguida, Felipe quase fez o terceiro em chute forte que Fábio colocou a escanteio. Mas a equipe se empolgou, deu espaços e aos 34, Geovane recebeu de Kleber e fez o gol da vitória em chute colocado no canto esquerdo. Desta vez o time soube segurar o resultado. O Botafogo perdeu a cabeça e Marco Aurélio, que já defendeu o São Caetano em 2009, foi expulso ao acertar pontapé em Marcone.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;