Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

'Minhas influências foram Rivelino e Maradona', diz Ronaldinho


Da AFP

27/05/2006 | 17:20


Considerado o melhor jogador do mundo pela Fifa pelo segundo ano consecutivo, o meia Ronaldinho disse neste sábado, antes do primeiro treino coletivo da Seleção Brasileira em Weggis, que suas grandes influências foram Rivelino e Maradona e que terá uma temporada perfeita caso o Brasil conquiste o hexacampeonato na Alemanha.

"Assisti muita coisa de Rivelino e Maradona. Meu irmão gostava bastante deles e eu via muita coisa em vídeo, já que estava o tempo todo com ele", disse o craque do Barcelona, se referindo ao seu irmão mais velho, Assis, que também foi jogador de futebol.

O meia, no entanto, acredita que seu estilo de jogo não é muito parecido com o de seus ídolos. "Cada um tem seu estilo. Sempre me compararam aos meus ídolos, nunca me achei assim tão parecido. Meus ídolos são meus ídolos. Mas isso tudo me motiva a continuar trabalhando para me manter no nível em que estou."

Quanto ao esquema de jogo armado pelo técnico Carlos Alberto Parreira, Ronaldinho disse que terá obrigação de voltar imediatamente para fechar o meio-campo quando o Brasil perder a posse de bola, diferentemente de como atua no Barcelona, em que tem poucas funções defensivas.

"Quando perder a bola, eu e Kaká teremos de recuar para ajudar no meio-campo", explicou. Durante o treino coletivo deste sábado, no entanto, Parreira usou Ronaldinho como opção de saída rápida pelo lado esquerdo, assim como o craque faz no Barcelona.

No momento do escanteio do time adversário, por exemplo, Ronaldinho é o único que se posiciona na linha do meio-campo pelo lado esquerdo, enquanto Adriano e Ronaldo voltam para ajudar a defesa. O craque não escapou das perguntas sobre o abraço que ganhou de uma fã que invadiu o gramado no fim do treino desta sexta-feira, quando os jogadores faziam alongamento.

Sheila Soares, uma brasileira de 29 anos que mora na Suíça, disse, depois de ser liberada pela polícia, que ouviu o seguinte de Ronaldinho no momento em que o abraçou. "Já que você chegou até aqui, agora vamos rolar na grama", teria dito o jogador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Minhas influências foram Rivelino e Maradona', diz Ronaldinho

Da AFP

27/05/2006 | 17:20


Considerado o melhor jogador do mundo pela Fifa pelo segundo ano consecutivo, o meia Ronaldinho disse neste sábado, antes do primeiro treino coletivo da Seleção Brasileira em Weggis, que suas grandes influências foram Rivelino e Maradona e que terá uma temporada perfeita caso o Brasil conquiste o hexacampeonato na Alemanha.

"Assisti muita coisa de Rivelino e Maradona. Meu irmão gostava bastante deles e eu via muita coisa em vídeo, já que estava o tempo todo com ele", disse o craque do Barcelona, se referindo ao seu irmão mais velho, Assis, que também foi jogador de futebol.

O meia, no entanto, acredita que seu estilo de jogo não é muito parecido com o de seus ídolos. "Cada um tem seu estilo. Sempre me compararam aos meus ídolos, nunca me achei assim tão parecido. Meus ídolos são meus ídolos. Mas isso tudo me motiva a continuar trabalhando para me manter no nível em que estou."

Quanto ao esquema de jogo armado pelo técnico Carlos Alberto Parreira, Ronaldinho disse que terá obrigação de voltar imediatamente para fechar o meio-campo quando o Brasil perder a posse de bola, diferentemente de como atua no Barcelona, em que tem poucas funções defensivas.

"Quando perder a bola, eu e Kaká teremos de recuar para ajudar no meio-campo", explicou. Durante o treino coletivo deste sábado, no entanto, Parreira usou Ronaldinho como opção de saída rápida pelo lado esquerdo, assim como o craque faz no Barcelona.

No momento do escanteio do time adversário, por exemplo, Ronaldinho é o único que se posiciona na linha do meio-campo pelo lado esquerdo, enquanto Adriano e Ronaldo voltam para ajudar a defesa. O craque não escapou das perguntas sobre o abraço que ganhou de uma fã que invadiu o gramado no fim do treino desta sexta-feira, quando os jogadores faziam alongamento.

Sheila Soares, uma brasileira de 29 anos que mora na Suíça, disse, depois de ser liberada pela polícia, que ouviu o seguinte de Ronaldinho no momento em que o abraçou. "Já que você chegou até aqui, agora vamos rolar na grama", teria dito o jogador.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;