Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Produção do Gol pára pela segunda vez


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

23/04/2008 | 07:00


A produção da linha Gol na Volkswagen de São Bernardo será interrompida hoje, a segunda vez em menos de uma semana. A causa das duas paradas é a falta de uma peça para a fabricação do carro, o chicote elétrico – cabo responsável pela transmissão de energia da bateria para os componentes elétricos dos veículos.

A fabricante do componente Delphi ainda não conseguiu regularizar o fornecimento à montadora após um incêndio na planta de Espírito Santo do Pinhal – região de Campinas –, que ocorreu na quinta-feira da última semana.

A planta da Volks em Taubaté - que também fabrica a linha Gol - também não terá produção no primeiro turno, assim como ocorreu na última sexta-feira.

Segundo a Volkswagen, 1.600 carros deixaram de ser produzidos na sexta-feira. Contudo, a empresa não consegue avaliar qual será o prejuízo como a parada de hoje.

A montadora também afirma que foram dispensados apenas os trabalhadores da montagem final dos veículos da família Gol nas duas fábricas e que espera que o abastecimento das linhas de produção esteja normalizado ainda nesta semana.

Ontem, todos os turnos operaram normalmente, mas a produção ficou em ritmo mais lento por causa do baixo estoque de chicote nas duas plantas da montadora.

As folgas dos trabalhadores será descontada do banco de horas. Em São Bernardo, a previsão é que cerca de 700 metalúrgicos não trabalham hoje, assim como 800 em Taubaté, segundo os sindicatos das cidades.

 Segundo as entidades, a previsão é que cerca de 1.300 carros deixem de ser fabricados nas duas plantas.

FORNECEDORA

Por causa do incêndio que durou 40 minutos no almoxarifado da fábrica de chicotes elétricos da Delphi, o fornecimento da peça ficou comprometido para as unidades da Volkswagen fabricantes do Gol. A Delphi é a única fornecedora desse componente para a montadora no País.

A Delphi busca desde o incidente – que comprometeu a qualidade de uma das matérias-primas do chicote – soluções para retomar a produção em escala para poder atender seus clientes.

Em nota, a empresa afirma que está esta acelerando a fabricação do produto para assegurar que em poucos dias a retomada da produção normal de todos os seus clientes.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Produção do Gol pára pela segunda vez

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

23/04/2008 | 07:00


A produção da linha Gol na Volkswagen de São Bernardo será interrompida hoje, a segunda vez em menos de uma semana. A causa das duas paradas é a falta de uma peça para a fabricação do carro, o chicote elétrico – cabo responsável pela transmissão de energia da bateria para os componentes elétricos dos veículos.

A fabricante do componente Delphi ainda não conseguiu regularizar o fornecimento à montadora após um incêndio na planta de Espírito Santo do Pinhal – região de Campinas –, que ocorreu na quinta-feira da última semana.

A planta da Volks em Taubaté - que também fabrica a linha Gol - também não terá produção no primeiro turno, assim como ocorreu na última sexta-feira.

Segundo a Volkswagen, 1.600 carros deixaram de ser produzidos na sexta-feira. Contudo, a empresa não consegue avaliar qual será o prejuízo como a parada de hoje.

A montadora também afirma que foram dispensados apenas os trabalhadores da montagem final dos veículos da família Gol nas duas fábricas e que espera que o abastecimento das linhas de produção esteja normalizado ainda nesta semana.

Ontem, todos os turnos operaram normalmente, mas a produção ficou em ritmo mais lento por causa do baixo estoque de chicote nas duas plantas da montadora.

As folgas dos trabalhadores será descontada do banco de horas. Em São Bernardo, a previsão é que cerca de 700 metalúrgicos não trabalham hoje, assim como 800 em Taubaté, segundo os sindicatos das cidades.

 Segundo as entidades, a previsão é que cerca de 1.300 carros deixem de ser fabricados nas duas plantas.

FORNECEDORA

Por causa do incêndio que durou 40 minutos no almoxarifado da fábrica de chicotes elétricos da Delphi, o fornecimento da peça ficou comprometido para as unidades da Volkswagen fabricantes do Gol. A Delphi é a única fornecedora desse componente para a montadora no País.

A Delphi busca desde o incidente – que comprometeu a qualidade de uma das matérias-primas do chicote – soluções para retomar a produção em escala para poder atender seus clientes.

Em nota, a empresa afirma que está esta acelerando a fabricação do produto para assegurar que em poucos dias a retomada da produção normal de todos os seus clientes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;