Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Beija-Flor ganha Estandarte de Ouro como melhor escola


Do Diário OnLine

27/02/2001 | 15:12


A Beija-Flor foi eleita pelo jornal "O Globo" e o corpo de jurados do Estandarte de Ouro, como a melhor escola de samba do Carnaval 2001. A azul-e-branco ganhou de melhor enredo coma também venceram "A saga de Agotime - Maria Mineira Naê". No entanto, a escola que ganhou mais prêmios foi o império Serrano, com três prêmios, samba-enredo, melhor ala (Barroco, com a fantasia Estivadores) e personalidade, Neide Dominicina Coimbra, presidente da agremiação de Madureira.

A Mangueira e o Salgueiro também ganharam dois Estandartes. A Mangueira ganhou com a ala das baianas e a passista Fabiana, o Salgueiro, com a porta-bandeira e melhor mestre-sala.

Já a Mocidade Independente de Padre Miguel ganhou de melhor bateria. E o prêmio de comissão de frente ficou com a Portela.

A Imperatriz Leopoldinense venceu de melhor puxador de samba. A Grande Rio ganhou graças ao seu passista Avelino Ribeiro e a Paraíso de Tuiuti ganhou o prêmio devido a sua porta-bandeira Cristiane, que foi considerada revelação do desfile.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Beija-Flor ganha Estandarte de Ouro como melhor escola

Do Diário OnLine

27/02/2001 | 15:12


A Beija-Flor foi eleita pelo jornal "O Globo" e o corpo de jurados do Estandarte de Ouro, como a melhor escola de samba do Carnaval 2001. A azul-e-branco ganhou de melhor enredo coma também venceram "A saga de Agotime - Maria Mineira Naê". No entanto, a escola que ganhou mais prêmios foi o império Serrano, com três prêmios, samba-enredo, melhor ala (Barroco, com a fantasia Estivadores) e personalidade, Neide Dominicina Coimbra, presidente da agremiação de Madureira.

A Mangueira e o Salgueiro também ganharam dois Estandartes. A Mangueira ganhou com a ala das baianas e a passista Fabiana, o Salgueiro, com a porta-bandeira e melhor mestre-sala.

Já a Mocidade Independente de Padre Miguel ganhou de melhor bateria. E o prêmio de comissão de frente ficou com a Portela.

A Imperatriz Leopoldinense venceu de melhor puxador de samba. A Grande Rio ganhou graças ao seu passista Avelino Ribeiro e a Paraíso de Tuiuti ganhou o prêmio devido a sua porta-bandeira Cristiane, que foi considerada revelação do desfile.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;