Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 12 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Boato virtual sobre refrigerante é desmentido


Camila Zanini
Do Diário OnLine

09/05/2003 | 14:37


O Guaraná Kuat, do Grupo Coca-Cola, foi vítima de mais um boato de Internet, conhecidos como hoax – uma mensagem que está circulando via e-mail dá conta de que o refrigerante teria grande quantidade de Fenofinol Ameido e Voliteral, substâncias tóxicas que causariam mau funcionamento dos rins e câncer. No entanto, as substâncias nem mesmo existem.

O diagnóstico é atribuído ao Instituto Fleury e traz ainda a recomendação do médico Paulo José Teixeira, supostamente formado pela USP e especialista em toxicologia, de que as pessoas não deveriam ingerir mais a bebida. O Instituto Fleury repudiou publicamente o uso indevido de seu nome como, também, atestou jamais ter analisado o refrigerante.

A mensagem teria sido assinada por Monique Freitas, da Sociedade Brasileira de Cardiologia, incluindo telefones para contato para que internautas pudessem confirmar a denúncia. No entanto, ao ser contatada pelo Diário OnLine, Monique afirmou que não escreveu e-mail e que não faz idéia de quem possa ter usado seu nome para divulgar o boato.

”Já entrei em contato com a Coca-Cola para esclarecer a situação, mas eles não têm como rastrear quem iniciou o boato”, explicou. “Também tentei falar com o médico citado no texto, mas ele não existe”, revelou Monique.

O falso alerta afirmava ainda que 23 pessoas já teriam passado pelo Hospital das Clínicas com falta de atividade renal e o aparecimento de tumores no reto depois de consumir altas doses de guaraná Kuat.

A Direção da Coca-Cola teria, inclusive, assumido a culpa e prometido indenizar os pacientes e todos aqueles que viessem a se contaminar com o Guaraná.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;