Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Nilmário Miranda vai ao enterro das vítimas de massacre no Rio


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

01/04/2005 | 13:05


O secretário especial de Direitos Humanos, ministro Nilmário Miranda, vai participar do enterro coletivo das vítimas das chacinas de Nova Iguaçu e Queimados, na Baixada Fluminense. Pelo menos 30 pessoas foram mortas na noite de quinta-feira.

A SEDH (Secretaria Especial de Direitos Humanos) divulgou nota informando que o ministro, ao tomar conhecimento da chacina, "entrou em contato com o prefeito de Nova Iguaçu, Lindbergh Farias, e com a Polícia Federal para articular o suporte necessário à apuração do crime".

De acordo com a nota, o ministro "designou o subsecretário de Promoção dos Direitos Humanos, Perly Cipriano, e o chefe da ouvidoria da SEDH, Pedro Montenegro, para irem à Baixada Fluminense prestar assistência aos familiares das vítimas".

Os dois também vão participar de uma reunião com autoridades da área de segurança fluminense, no 15º Batalhão da Polícia Militar, em Duque de Caxias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nilmário Miranda vai ao enterro das vítimas de massacre no Rio

Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

01/04/2005 | 13:05


O secretário especial de Direitos Humanos, ministro Nilmário Miranda, vai participar do enterro coletivo das vítimas das chacinas de Nova Iguaçu e Queimados, na Baixada Fluminense. Pelo menos 30 pessoas foram mortas na noite de quinta-feira.

A SEDH (Secretaria Especial de Direitos Humanos) divulgou nota informando que o ministro, ao tomar conhecimento da chacina, "entrou em contato com o prefeito de Nova Iguaçu, Lindbergh Farias, e com a Polícia Federal para articular o suporte necessário à apuração do crime".

De acordo com a nota, o ministro "designou o subsecretário de Promoção dos Direitos Humanos, Perly Cipriano, e o chefe da ouvidoria da SEDH, Pedro Montenegro, para irem à Baixada Fluminense prestar assistência aos familiares das vítimas".

Os dois também vão participar de uma reunião com autoridades da área de segurança fluminense, no 15º Batalhão da Polícia Militar, em Duque de Caxias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;