Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Órgão estadual tem 1.173 vagas de emprego


Tauana Marin
do Diário do Grande ABC

09/05/2011 | 06:59


Empresas procuram operadores de cobrança e telemarketing

As unidades dos CST's (Centros de Solidariedade ao Trabalhador), instaladas no Estado de São Paulo, oferecem 1.173 postos de trabalho nas sete cidades. As vagas são destinadas a pessoas de diferentes níveis de escolaridade.

Nesta semana, São Bernardo é a cidade que mais concentra oportunidades, e corresponde a 519 postos do total. Em seguida está Santo André (248 postos); Mauá (143); São Caetano (141) e Diadema (122).

Entre os destaques, estão as 50 vagas para o cargo de atendente de telemarketing. Interesados devem ter o segundo grau completo. A empresa contratante fica instalada em Santo André e oferece remuneração de R$ 620.

Outras 70 oportunidades são de operador de cobrança. A companhia que oferece o emprego está localizada em São Bernardo.

Nas imediações do Grande ABC, empresas oferecem 790 vagas. Vale lembrar que qualquer pessoa pode se candidatar aos postos.

SELEÇÃO

Os candidatos passarão pelos departamentos de pré-seleção dos Centro de Solidariedade. Estes setores apuram e fazem a triagem mais precisa entre os trabalhadores, facilitando o processo seletivo realizado por empresas.

As equipes aplicam nos candidatos entrevistas, testes e dinâmicas de grupo em trabalho conjunto com as empresas contratantes.

INSCRIÇÃO

Para aqueles que moram na região, o posto de atendimento mais próximo fica na Rua Galvão Bueno, 782, no bairro Liberdade, em São Paulo. Próximo a estação do metrô São Joaquim.

O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. Interessados devem estar munidos do RG, CPF e carteira de trabalho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;