Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Miguel é pura paixão

TV GLOBO / Márcio de Souza Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

30/05/2010 | 07:22


Quem já viu a nova novela da Globo, Passione, deve ter reparado nos gestos exagerados e sotaque inconfundível do núcleo italiano da trama. Ao lado de Tony Ramos (Totó), um novo rosto começa a chamar a atenção. No papel de Alfredo, filho do protagonista, está o gaúcho Miguel Roncato, 17 anos.

Nascido em Nova Prata, Rio Grande do Sul, o ator chegou a São Paulo com 13 anos para tentar a carreira na companhia do irmão, Fernando, 21, que também está em Passione, no núcleo dos ciclistas. "Foi difícil, mas sempre soube o que queria da vida e a família apoiou. Fiz algumas peças de teatro e passei no teste da novela. Deu certo e a felicidade é imensa."

Para dar mais realidade ao jeitão italiano, os atores estão fazendo curso do idioma e estudando os gestos. Ficaram mais de um mês na Itália gravando cenas dos primeiros capítulos. Foi lá que Miguel completou 17 anos. "Jamais poderia imaginar que comemoraria meu aniversário com o elenco de uma novela e ainda na Itália, na minha primeira viagem internacional. Apaguei as velhinhas na Torre de Pisa. Que chique, não?", brinca o gaúcho, que tem descendência italiana por parte da avó. "Ela faz uma bela macarronada."

Miguel conta que é parecido com Alfredo em relação à curiosidade, de querer saber tudo. "Como ele, quero estar sempre por dentro de tudo, apesar de Alfredo ser um garoto que trabalha na roça." Na trama, o personagem sente muita falta da mãe, que morreu durante o parto do garoto. "Ele sente culpa, mas ao mesmo tempo é feliz."

O ator divide as gravações com as aulas no terceiro ano do Ensino Médio. Nas poucas horas de folga, curte praia e balada. Assim como Alfredo, que virá com a família para o Brasil e conhecerá uma garota, Miguel também torce para se apaixonar de verdade. "Para isso, a gente sempre arranja tempo. Sou romântico, será que Alfredo também é? Acho que sim."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Miguel é pura paixão

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

30/05/2010 | 07:22


Quem já viu a nova novela da Globo, Passione, deve ter reparado nos gestos exagerados e sotaque inconfundível do núcleo italiano da trama. Ao lado de Tony Ramos (Totó), um novo rosto começa a chamar a atenção. No papel de Alfredo, filho do protagonista, está o gaúcho Miguel Roncato, 17 anos.

Nascido em Nova Prata, Rio Grande do Sul, o ator chegou a São Paulo com 13 anos para tentar a carreira na companhia do irmão, Fernando, 21, que também está em Passione, no núcleo dos ciclistas. "Foi difícil, mas sempre soube o que queria da vida e a família apoiou. Fiz algumas peças de teatro e passei no teste da novela. Deu certo e a felicidade é imensa."

Para dar mais realidade ao jeitão italiano, os atores estão fazendo curso do idioma e estudando os gestos. Ficaram mais de um mês na Itália gravando cenas dos primeiros capítulos. Foi lá que Miguel completou 17 anos. "Jamais poderia imaginar que comemoraria meu aniversário com o elenco de uma novela e ainda na Itália, na minha primeira viagem internacional. Apaguei as velhinhas na Torre de Pisa. Que chique, não?", brinca o gaúcho, que tem descendência italiana por parte da avó. "Ela faz uma bela macarronada."

Miguel conta que é parecido com Alfredo em relação à curiosidade, de querer saber tudo. "Como ele, quero estar sempre por dentro de tudo, apesar de Alfredo ser um garoto que trabalha na roça." Na trama, o personagem sente muita falta da mãe, que morreu durante o parto do garoto. "Ele sente culpa, mas ao mesmo tempo é feliz."

O ator divide as gravações com as aulas no terceiro ano do Ensino Médio. Nas poucas horas de folga, curte praia e balada. Assim como Alfredo, que virá com a família para o Brasil e conhecerá uma garota, Miguel também torce para se apaixonar de verdade. "Para isso, a gente sempre arranja tempo. Sou romântico, será que Alfredo também é? Acho que sim."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;