D+ Titulo Vida e morte
John Carter estreia nos cinemas; confira entrevista
Por Do Diário do Grande ABC
04/03/2012 | 07:00
Compartilhar notícia
Divulgação


E se quando morresse, rolasse uma aventura em um mundo paralelo? É o que acontece com o protagonista de John Carter: Entre dois Mundos, que estreia na sexta (9) nos cinemas. John vai parar em um conflito em Marte e descobre que a sobrevivência dos habitantes está em suas mãos. O filme foi inspirado no primeiro livro do escritor norte-americano Edgar Burroughs, A Princesa de Marte. Em 2012, o personagem faz 100 anos.

O protagonista é interpretado pelo ator Taylor Kitsch, que ficou fascinado pela história, apesar do trabalhão que deu. "Meu personagem está definitivamente em uma aventura épica. Nenhum filme vai ser tão cansativo e exigente do ponto físico - e recompensador - como esse. Fui testado em todos os níveis e mais um pouco", conta.

Confira entrevista com o ator:

Que tipo de personagem é John Carter?

É um homem que perdeu tudo. Ele volta da Guerra Civil e encontra sua mulher e filho mortos. Ele fica recluso e vai trabalhar na mineração em busca de ouro. Ele sente culpa pela perda da família. John tem medo de assumir responsabilidades novamente.

 

Do que você acha que o público mais vai gostar?

Só a cena do grande macaco albino já vale o preço da entrada do cinema. Visualmente, vai ser incrível e o público vai se identificar com os personagens.

 

Como John Carter vai parar em Marte?

Ele entra em uma caverna na Terra para tentar escapar dos Apaches e é acidentalmente transportado para Marte quando, por acaso, encontra um medalhão.

 

John Carter tem poderes em Marte?

Não gosto muito de chamar de poderes, porque não é super-herói, mas sua força amplificada e habilidade para saltar baseiam-se na gravidade de Marte, que é menor.  A princípio, ele não se dá conta da força enorme que tem, mas quando isso acontece, começa a descobrir como utilizá-la em benefício próprio.

 

Você gosta de assistir a ficção científica no cinema?

Adoro um bom filme, principalmente, os que nos levam bem para o meio do conflito.

 

Você se divertiu nas cenas?

Gosto muito das cenas de luta. A cena do Grande Macaco Albino é algo de que eu, provavelmente, nunca esquecerei. O nível de energia naquela arena estava realmente alto. Soube logo no começo do teste de tela que essa cena seria épica. As apostas são incrivelmente altas e eu adoro isso.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais Lidas

Diário do Grande ABC

Todos os direitos reservados © 1995-2023 - Todos direitos reservados

;