Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Aznar diz que espanhóis têm vergonha da retirada do Iraque


Do Diário OnLine
Com Agências

26/04/2004 | 10:50


O ex-chefe do governo espanhol José María Aznar afirmou que muitos espanhóis estão envergonhados com a retirada dos soldados do país do Iraque. Em artigo publicado nesta segunda-feira pelo jornal ABC, ele chamou a decisão de José Luis Zapatero de “uma grave irresponsabilidade”.

O conservador Aznar afirmou que a retirada das tropas foi uma vitória dos terroristas que mataram 191 pessoas no dia 11 de março em Madri. Ele declarou ainda que este ataque não estava relacionado à guerra no Iraque, pois começou a ser planejado antes da participação da Espanha no conflito.

Aznar ressaltou que a Espanha ficou mais fraca por causa da decisão do socialista Zapatero.

Apoio- Uma pesquisa divulgada nesta segunda pelo jornal El Mundo mostra que 67% dos espanhóis concordam com a retirada dos soldados do Iraque. O mesmo levantamento revela que 80,8% dos espanhóis querem uma investigação sobre o trabalho das forças de segurança do país antes dos ataques de 11 de março.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;