Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Última chamada para a Bienal


Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

19/03/2006 | 10:01


A programação da 19ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, termina hoje. E com chave de ouro. Às 17h, no Salão das Idéias, dois craques do universo das letras, os jornalistas e escritores Ruy Castro e Fernando Morais, debatem sobre aspectos característicos de suas produções. O evento, intitulado Pra Ficar Na História, é gratuito e o interessado em participar deve pegar uma senha no local duas horas antes do debate.

Castro e Morais se notabilizaram não somente por suas atuações na imprensa escrita, mas pelo talento como biógrafos, exercitado em intensos trabalhos de pesquisa. Entre as biografias escritas por Castro, destacam-se Carmen (sobre a cantora Carmen Miranda); Anjo Pornográfico, sobre o polêmico jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues; e Estrela Solitária, que aborda a trajetória conturbada do jogador de futebol Garrincha. Morais é autor de, entre outros trabalhos, Assis Chateaubriand, o Rei do Brasil, que relata a vida do magnata das comunicações, e Olga, sobre a militante comunista Olga Benário. Este último livro inspirou o filme homônimo do diretor Jayme Monjardim, estrelado por Camila Morgado e Caco Ciocler.

Também no Salão das Idéias, situado na avenida 1, a escritora e imortal da ABL (Academia Brasileira de Letras) Lygia Fagundes Telles discute, às 19h30, suas obras com leitores. As bases para as reflexões da intelectual são os temas invenção e memória. Aclamada por gerações, Lygia é autora de obras-primas da literatura contemporânea como As Meninas e Ciranda de Pedra.

Na mesma avenida, no Espaço Literário Visa, a partir das 15h, o romancista Rodrigo Lacerda, autor de O Mistério do Leão Rampante, analisa Hamlet, de William Shakespeare. Às 19h, Mustafah Jarouche fala sobre a tradução para o português de As 1001 Noites, clássico da literatura árabe.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Última chamada para a Bienal

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

19/03/2006 | 10:01


A programação da 19ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, termina hoje. E com chave de ouro. Às 17h, no Salão das Idéias, dois craques do universo das letras, os jornalistas e escritores Ruy Castro e Fernando Morais, debatem sobre aspectos característicos de suas produções. O evento, intitulado Pra Ficar Na História, é gratuito e o interessado em participar deve pegar uma senha no local duas horas antes do debate.

Castro e Morais se notabilizaram não somente por suas atuações na imprensa escrita, mas pelo talento como biógrafos, exercitado em intensos trabalhos de pesquisa. Entre as biografias escritas por Castro, destacam-se Carmen (sobre a cantora Carmen Miranda); Anjo Pornográfico, sobre o polêmico jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues; e Estrela Solitária, que aborda a trajetória conturbada do jogador de futebol Garrincha. Morais é autor de, entre outros trabalhos, Assis Chateaubriand, o Rei do Brasil, que relata a vida do magnata das comunicações, e Olga, sobre a militante comunista Olga Benário. Este último livro inspirou o filme homônimo do diretor Jayme Monjardim, estrelado por Camila Morgado e Caco Ciocler.

Também no Salão das Idéias, situado na avenida 1, a escritora e imortal da ABL (Academia Brasileira de Letras) Lygia Fagundes Telles discute, às 19h30, suas obras com leitores. As bases para as reflexões da intelectual são os temas invenção e memória. Aclamada por gerações, Lygia é autora de obras-primas da literatura contemporânea como As Meninas e Ciranda de Pedra.

Na mesma avenida, no Espaço Literário Visa, a partir das 15h, o romancista Rodrigo Lacerda, autor de O Mistério do Leão Rampante, analisa Hamlet, de William Shakespeare. Às 19h, Mustafah Jarouche fala sobre a tradução para o português de As 1001 Noites, clássico da literatura árabe.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;