Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Defensora dos direitos dos indígenas é morta no México


Da AFP

08/08/2003 | 08:51


A advogada Griselda Tirado, uma conhecida defensora dos direitos dos povos indígenas do México, foi assassinada na quarta-feira em uma aldeia do Estado de Puebla, no centro do país.

Griselda foi atacada por pistoleiros no município de Huehuetla (150 km a leste da Cidade do México), revelou o governador de Puebla, Melquiades Morales. Ele disse ignorar no momento os motivos do crime, mas adiantou que a procuradoria "se move em duas linhas de investigação" para esclarecer o assassinato e deter os culpados.

A advogada, sepultada nessa quinta-feira, defendia os indígenas de uma vasta zona montanhosa de Puebla e pode ter sido executada por seu trabalho humanitário.

A procuradoria disse que as autoridades realizam operações em Huehuetla para proteger os familiares de Tirado, assim como vários líderes indígenas que trabalhavam com a advogada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;