Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Cadê o rosto do palhaço?

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

01/05/2011 | 07:00


Um palhaço se acha tão engraçado que resolve nunca mais tirar a maquiagem do rosto. Ele só não imaginava que a decisão traria baita dor de cabeça. Com o passar do tempo, as pessoas começam a não se lembrar mais de como o artista realmente é. Arrependido, deseja limpar a face. O problema é que a pintura não sai mais.

Em A Máscara da Liberdade, que será apresentada hoje (1º), às 16h, em São Caetano, o palhaço partirá em busca de alguém que possa ajudá-lo a recuperar o verdadeiro rosto. Apesar de complicada, a missão é cheia de situações engraçadas.

"A história é bem divertida e diferente, pois mostra a vida do palhaço fora do picadeiro", afirma o diretor e produtor Sérgio Zanck. Além das interpretações, a peça traz números circenses - como perna de pau e malabares - e música ao vivo, tocada por uma charanga (tradicional banda de circo).

O espetáculo é encenado por um grupo superespecial: a Trupe do Trapo, formada principalmente por atores com deficiência.

ONDE - A Máscara da Liberdade, hoje, às 16h, no Teatro Santos Dumont (Avenida Goiás, 1.111, tel.: 4221-8347), em São Caetano. Ingresso: R$ 6 e R$ 12.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cadê o rosto do palhaço?

Do Diário do Grande ABC

01/05/2011 | 07:00


Um palhaço se acha tão engraçado que resolve nunca mais tirar a maquiagem do rosto. Ele só não imaginava que a decisão traria baita dor de cabeça. Com o passar do tempo, as pessoas começam a não se lembrar mais de como o artista realmente é. Arrependido, deseja limpar a face. O problema é que a pintura não sai mais.

Em A Máscara da Liberdade, que será apresentada hoje (1º), às 16h, em São Caetano, o palhaço partirá em busca de alguém que possa ajudá-lo a recuperar o verdadeiro rosto. Apesar de complicada, a missão é cheia de situações engraçadas.

"A história é bem divertida e diferente, pois mostra a vida do palhaço fora do picadeiro", afirma o diretor e produtor Sérgio Zanck. Além das interpretações, a peça traz números circenses - como perna de pau e malabares - e música ao vivo, tocada por uma charanga (tradicional banda de circo).

O espetáculo é encenado por um grupo superespecial: a Trupe do Trapo, formada principalmente por atores com deficiência.

ONDE - A Máscara da Liberdade, hoje, às 16h, no Teatro Santos Dumont (Avenida Goiás, 1.111, tel.: 4221-8347), em São Caetano. Ingresso: R$ 6 e R$ 12.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;