Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Coelho bota ovo?


Tauana Marin
Diário do Grande ABC

27/03/2016 | 07:00


O coelho é um mamífero e, por isso, não ‘bota’ ovo, sendo alimentado nos primeiros meses de vida pelo leite da mãe.

Ele se reproduz com muita rapidez e pode ter vários filhotes de uma vez só. As fêmeas são capazes de engravidar entre três a cinco vezes durante uma temporada inteira. A cada gestação nascem em média oito a nove filhotes, ou seja, gerando entre 25 e 50 filhotes por ano. Em média, uma coelha dá à luz entre 500 a 600 bebês em sua vida toda.

Com todos os cuidados devidos, um coelho pode viver de oito a 12 anos. Esse animal se alimentam de feno (mistura de plantas), legumes (como couve, brócolis e cenoura), além de comer rações específicas vendidas em lojas.

SÍMBOLOS - O coelho e o ovo são os principais símbolos da Páscoa, data cristã que relembra os últimos dias de vida de Jesus Cristo e sua ressurreição. A lembrança do animal aparece por causa da agitada reprodução. Portanto, ele representa a vida.

A simbologia trata o ovo como um significado de túmulo (lugar onde ficam os corpos após a morte) de Jesus Cristo. Quando olhamos por fora, ele pode parecer uma simples pedra, mas, lá dentro há uma vida.

O costume de se trocar ovos na Páscoa começou há milhares de anos. Os gregos e os egípcios, por exemplo, coloriam ovos de galinha oco, porém, em datas diferentes. Mas a troca pelos de chocolate aconteceu primeiramente na Alemanha, no século 19.

Data ‘móvel’ serve como base para montagem do calendário

Você já percebeu que todo ano a Páscoa é comemorada em uma data diferente? Isso porque ela é classificada como uma festa ‘móvel’, assim como o Carnaval, por exemplo. É a partir da Páscoa que todas as outras datas festivas do calendário são estabelecidas.

Os cristãos passaram a festejá-la no primeiro domingo depois da primeira Lua Cheia do outono (no Hemisfério Sul). Atualmente, a comemoração costuma ser entre os dias 22 de março e 25 de abril.

A Páscoa é uma festa antiga que ainda hoje é celebrada pelas famílias judaicas. No hebraico, idioma muito antigo falado pelos judeus, a palavra Páscoa significa ‘passagem’.

A data lembra a fuga do povo judeu do Egito, onde eram escravos, e retoma a ideia da passagem para a liberdade. Os cristãos celebram a Páscoa há aproximadamente 2.000 anos. É importante lembrar que trata-se da festa mais importante do calendário cristão.

CURIOSIDADE: O costume de trocar ovos vem de muitos séculos antes do nascimento de Jesus Cristo. Era comum na celebração do dia 21 de março, pois se festejava o início de uma estação florida.

Pergunta de Henrique Galdino Marigo, 5 anos, de Santo André, que acredita que o coelho nasce do ovo. “É por isso que, na Páscoa, é ele quem traz os doces. Como não comemos ovos de coelho, eles trazem os de chocolate”, diz o menino.

Consultoria de Josete Garcia Bersano, pesquisadora e diretora técnica do Centro de Sanidade Animal do Instituto Biológico de São Paulo, e Welder Lancieri Marchini, teólogo e doutorando em Ciência da Religião pela PUC-SP.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;