Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Aluguel residencial na região tem queda real de 6,6% em 12 meses

No acumulado do ano, preço médio do metro quadrado cai 0,64%


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

16/03/2016 | 07:00


O preço do aluguel residencial continua caindo no Grande ABC. Segundo o índice FipeZap, feito em parceria entre a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) e o portal Zap Imóveis, a tarifa média cobrada por metro quadrado teve queda real (descontada a inflação) de 6,57 no período de 12 meses encerrado em fevereiro.

O levantamento, divulgado ontem, considera apenas os apartamentos localizados em São Bernardo e que foram anunciados pela internet. Entretanto, a tendência é a mesma observada nas outras seis cidades da região, segundo o empresário Miguel Colicchio, o Guta, da Colicchio Imóveis, de Santo André.

No primeiro bimestre, a queda real é de 0,64%, enquanto o mês de fevereiro fechou com retração de 0,19% nos preços.

Para Guta, a redução nas tarifas é reflexo da crise econômica pela qual passa o País. Segundo ele, diante da queda na renda da população, os inquilinos passam a ter dificuldades para honrar com os pagamentos. “Então, é feita negociação e o proprietário acaba sendo obrigado a reduzir o preço. Senão, mesmo pagando multa, o locatário acaba entregando o imóvel”, comenta o empresário. Ele afirma que também tem aumentado os casos de inadimplência.

Ele avalia ainda que, em 2016, os preços continuarão caindo, pois a falta de credibilidade no País por parte de investidores e consumidores faz com que a atividade econômica permaneça em baixa.

Na média das 11 cidades que integram o Índice FipeZap de locação, a variação real no acumulado de 12 meses foi ainda pior do que no Grande ABC: -13,02%. Na Capital, a queda foi de 14,04%. Nenhum dos municípios avaliados apresentou elevação acima da inflação, que ficou em 10,36% no ano encerrado em fevereiro, segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;