Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Militares norte-americanos expandem auxílio ao Japão



15/03/2011 | 17:55


Os militares norte-americanos expandiram hoje os esforços de auxílio às vítimas do terremoto, do tsunami e do desastre nuclear no Japão, enviando equipamento para ajudar os técnicos e bombeiros na usina nuclear de Fukushima e tropas para ajudar nos trabalhos de busca e resgate, bem como na entrega de auxílio humanitário.

O porta-voz do Pentágono, o coronel David Lapan, disse que as forças americanas no Japão "forneceram dois caminhões de bombeiros a Fukushima, que serão operados por equipes japonesas", mas acrescentou que não existe um envolvimento direto dos militares dos EUA no combate à crise nuclear, informa o Wall Street Journal.

Até o momento, os EUA enviaram 440 marinheiros e fuzileiros navais da base de Okinawa à ilha de Honshu, mais atingida pelo tsunami e onde fica a usina de Fukushima. Eles fazem parte da operação chamada "tomadachi" (amigos), pelo governo do Japão. Dois aviões C-130 dos fuzileiros navais norte-americanos também transportaram suprimentos e pessoal especializado no combate de desastres de Okinawa ao aeroporto de Yamagata. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Militares norte-americanos expandem auxílio ao Japão

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;