Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Unicamp vai considerar notas do ENEM para classificaçao em vestibular


Do Diário do Grande ABC

17/04/1999 | 15:07


A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) vai agregar as notas obtidas pelo Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) com as notas da primeira fase do seu vestibular, como forma classificatória para o ingresso na segunda fase. A deliberaçao foi aprovada sexta-feira pela Procuradoria Jurídica da Universidade. Os critérios sao de que as provas do ENEM tenham peso um e as provas da primeira fase da Unicamp, peso quatro.

Se o aluno obtiver classificaçao menor na ENEM do que as notas de classificaçao do vestibular da Unicamp, esta será dispensada. As notas da ENEM serao confrontadas pelo banco de dados eletrônicos entre o Ministério da Educaçao e a Universidade. A nota de corte da primeira fase é de valor cinco. O pró-reitor de graduaçao da Unicamp, Angelo Cortelazzo, acredita que haverá maior demanda de alunos de menor status social.

As provas da ENEM ficam a critério do aluno. Aqueles que nao fizerem, consequentemente, terao o peso para cálculo classificatório para a segunda fase somente das provas do vestibular. Há espectativa de que aumente o número de alunos nas provas do ENEM.

No ano passado, a Unicamp teve 38 mil inscritos e apenas 8 mil que haviam feito as provas do ENEM. A USP também aplicará esse critério e a Unesp só contará para o campo de conhecimentos gerais, já que nao tem a primeira fase. A Unicamp também deliberou esta semana que o curso de música terá apenas uma opçao: antes havia as opçoes para música popular, regência e composiçao. Os cursos mais procurados sao medicina, arquitetura e ciências biológicas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Unicamp vai considerar notas do ENEM para classificaçao em vestibular

Do Diário do Grande ABC

17/04/1999 | 15:07


A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) vai agregar as notas obtidas pelo Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) com as notas da primeira fase do seu vestibular, como forma classificatória para o ingresso na segunda fase. A deliberaçao foi aprovada sexta-feira pela Procuradoria Jurídica da Universidade. Os critérios sao de que as provas do ENEM tenham peso um e as provas da primeira fase da Unicamp, peso quatro.

Se o aluno obtiver classificaçao menor na ENEM do que as notas de classificaçao do vestibular da Unicamp, esta será dispensada. As notas da ENEM serao confrontadas pelo banco de dados eletrônicos entre o Ministério da Educaçao e a Universidade. A nota de corte da primeira fase é de valor cinco. O pró-reitor de graduaçao da Unicamp, Angelo Cortelazzo, acredita que haverá maior demanda de alunos de menor status social.

As provas da ENEM ficam a critério do aluno. Aqueles que nao fizerem, consequentemente, terao o peso para cálculo classificatório para a segunda fase somente das provas do vestibular. Há espectativa de que aumente o número de alunos nas provas do ENEM.

No ano passado, a Unicamp teve 38 mil inscritos e apenas 8 mil que haviam feito as provas do ENEM. A USP também aplicará esse critério e a Unesp só contará para o campo de conhecimentos gerais, já que nao tem a primeira fase. A Unicamp também deliberou esta semana que o curso de música terá apenas uma opçao: antes havia as opçoes para música popular, regência e composiçao. Os cursos mais procurados sao medicina, arquitetura e ciências biológicas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;