Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alex surge no topo em levantamento para prefeito de S.Bernardo

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deputado federal supera casa dos 40% em todas as simulações; Morando fica logo atrás e Tarcisio segue longe do protagonismo


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

12/09/2015 | 07:00


O deputado federal Alex Manente (PPS) lidera a preferência do eleitorado na corrida para prefeito de São Bernardo no ano que vem nos três cenários colocados pelo Instituto Paraná Pesquisas. Ele supera o deputado estadual Orlando Morando (PSDB) e o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli (PT), que está próximo de ser anunciado como candidato ao Paço com aval do prefeito Luiz Marinho (PT).

No levantamento com mais candidatos, Alex está à frente, com 41,2% das intenções de voto. Morando é lembrado por 33,8%, enquanto Tarcisio alcança 3,3%. O petista está atrás do vereador Marcelo Lima (de saída do PPS para o Solidariedade), que tem 6,1%, e ligeiramente na frente do ex-vereador Aldo Santos (Psol), com 2,5%.

Já no estrato com afunilamento de projetos eleitorais, Alex é lembrado por 44,7% dos entrevistados. Morando possui 35,2% e Tarcisio 6,2%, ainda muito distante do protagonismo eleitoral. O Instituto Paraná Pesquisas avaliou possibilidade com mais candidatos, também com Alex em primeiro lugar (39,4%), seguido por Morando (31,2%), o ex-prefeito William Dib (PSDB – 5%), Marcelo Lima (4,7%), Tarcisio (2,6%), Aldo Santos (1,9%), o deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT – 1,4%) e o ex-secretário Evandro de Lima (PTdoB – 0,3%).

Em única possibilidade de segundo turno aferida, Alex venceria Morando por 47,6% a 38,1% – 8% disseram que anulariam o voto e outros 6,3% não souberam responder.

O Instituto Paraná Pesquisas analisou o poder de influência dos líderes da política brasileira em São Bernardo. O apoio da presidente Dilma Rousseff (PT) é negativo para 70,2% dos entrevistados e benéfico apenas para 8,7%. A adesão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) diminui a vontade de votar no prefeiturável para 55,3% dos são-bernardenses, enquanto outros 21,4% se sentem estimulados a acompanhar o candidato que tiver Lula no palanque. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) faz com que 39,6% das pessoas tenham mais interesse no postulante – outros 21,9% criticam.

AVALIAÇÃO
Em São Bernardo, considerado o berço do petismo, 84,6% dos moradores reprovam o governo de Dilma. Apenas 12,2% demonstram aceitação com o trabalho da petista.

Sobre a atuação de Alckmin, 58% aprovam o governo tucano e outros 37,8% criticam.

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 648 munícipes entre os dias 5 e 8. A margem de erro é de 4 pontos percentuais. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;