Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

São Paulo e o Som


Thiago Mariano
Do Diário do Grande ABC

03/03/2010 | 07:00


Se São Paulo, pela profusão de espetáculos musicais que entram em cartaz nesse período, é a cidade do teatro musical no Brasil, só o tempo dirá. Mas, "Kátia e Paulo - Uma Alegoria Paulistana", que entra em cartaz no sábado (dia 6), no Teatro Marcos Lindenberg, na Capital, prova que a maior metrópole brasileira é um lugar que contempla, pela diversidade do seu povo, muita música.

Os 45 cantores do Coral Unifesp entram em cena para executar 15 canções. Cinco deles são do Grande ABC. Cássia Gomes, Fernanda Zulin, Felipe Moreti, Jonathas Lugon e Crystiane Depret. As composições são de Álvaro Cueva, a regência e a direção artística de Eduardo Fernandes e a direção cênica de Marcelo Lazzaratto.

A peça funde o passado com o presente, contando a história de Jamil, Kátia Blue, Kátia Remelexo, o motoboy Paulinho e o jornaleiro Dito Anexins. Eles se cruzam por espaços públicos da cidade, expondo sua cultura, trocando opiniões e informações, enfatizando a multiplicidade cultural paulistana. Diversos ritmos e estilos musicais pontuam os encontros, do rock ao samba.

O ponto principal do texto é o improvável triângulo amoroso entre Jamil, Kátia e Paulo, que pertencem a tempo e espaço diferentes, entrecruzados pelos meios de transporte público e pelas músicas que admiram.

DESAFIOS - Para Crystiane Depret, 38 anos, que canta no espetáculo e dá aulas de canto para coro cênico e uma escola de música em São Bernardo, o teatro musical demanda um esforço imenso. "Tivemos um ano de ensaio. Somado ao estudo da técnica vocal, temos que ensaiar expressão cênica e coreografia. É necessário ter preparação física e trabalhar a sincronia da equipe inteira, que é o que dá estética ao espetáculo", conta.

Os ensaios, mesmo após a estreia, continuam pelo menos uma vez por semana. "É para assessoria vocal, porque lidamos com um grupo muito grande e não podemos correr o risco de cantar com sonoridades diferentes. Todas as vozes têm de ser ouvidas em uníssono".

Para ela, que já conta com dez musicais no currículo, e é regente do coral cênico 4Cantos, no qual pode exercer mais livremente a prática teatral aliada ao canto, os espetáculos musicais cada vez mais conquistam o público, o que faz com que artistas queiram se profissionalizar em atuar, cantar e dançar, atendendo a demanda de novas produções.

"Há anos, era raro ver uma instituição que ensinasse teatro musical e você via sempre os mesmos profissionais atuando em todos os espetáculos. Hoje é diferente."

Kátia e Paula - Uma Alegoria Paulistana Teatro Marcos Lindenberg - Rua Botucatú, 862, São Paulo. Tel.: 3582-1361. Sáb., às 20h e dom., às 19h. Ingr.: R$ 10. Até dia 28.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;