Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Lista para o aniversário do YouTube

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Plataforma comemora 10 anos na web e aponta cliques mais populares entre brasileiros


Luís Felipe Soares

31/05/2015 | 07:00


Estamos em meio à era das revoluções tecnológicas. A modernidade tem ajudado a facilitar a criação de atrações que logo se popularizam. Uma das mais marcantes dos últimos tempos é tida como primordial entre o conteúdo da internet: os vídeos. Há plataformas diversas para que o público veja gravações de todos os tipos, mas parece que a popularidade do YouTube (www.youtube.com) continua alta mesmo depois de dez anos desde que o primeiro material foi colocado na web, em 23 de abril de 2005 (um breve registro de Jawed Karim, um dos criadores do projeto, em um zoológico) – o site havia entrado no ar em 14 de fevereiro sem material algum e ainda não era aberto para o público.

Atualmente com mais de 1 bilhão de usuários, o endereço possui incontáveis vídeos que passeiam entre clipes musicais, curtas-metragens, entrevistas e materiais repassados da televisão. Sua importância é tamanha que 300 horas de vídeo são enviadas ao YouTube a cada minuto, com cenas capazes de mobilizar a internet nos 75 países onde está disponibilizado na rede (e em 61 idiomas diferentes).

A celebração da primeira década de atividades do YouTube tem sido marcada pela revelação de listas sobre o hábito dos usuários. No Brasil, o top 10 dos vídeos mais acessados é liderado pelo universo infantil da Galinha Pintadinha e sua versão para Pintinho Amarelinho (mais de 220.373 milhões de visualizações de maneira geral). O restante é uma variação de clipes de sucessos nacionais, como Michel Teló e a dupla Marcos e Belutti, e internacionais, casos de Psy e Kate Perry (veja tabela acima com o cinco mais populares).

Em temas separados, Justin Bieber e o hit adolescente Baby estão no topo na seleção de vídeos musicais com artistas reais (o número de views entre os brasileiros não foi revelado, mas já passa do 1,171 bilhão de plays em todo o mundo), seguido por Luan Santana (Tudo Que Você Quiser) e Anitta (Show das Poderosas). Já os três primeiros dos chamados não musicais colocam o divertido Mataram a Formiguinha e a versão dos palhaços Patati e Patatá para Piuí Abacaxi logo atrás de Pintinho Amarelinho.

Além de apontar os mais populares, essas listas do YouTube aparecem agora para fazer parte de uma espécie de retrospectiva. Se dizem que ‘recordar é viver’, uma boa maneira é lembrar das risadas com Para Nossa Alegria, Na Lata (do Porta dos Fundos) ou com o ex-técnico de futebol Joel Santana falando inglês em um comercial de xampu. Basta dar o play.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lista para o aniversário do YouTube

Plataforma comemora 10 anos na web e aponta cliques mais populares entre brasileiros

Luís Felipe Soares

31/05/2015 | 07:00


Estamos em meio à era das revoluções tecnológicas. A modernidade tem ajudado a facilitar a criação de atrações que logo se popularizam. Uma das mais marcantes dos últimos tempos é tida como primordial entre o conteúdo da internet: os vídeos. Há plataformas diversas para que o público veja gravações de todos os tipos, mas parece que a popularidade do YouTube (www.youtube.com) continua alta mesmo depois de dez anos desde que o primeiro material foi colocado na web, em 23 de abril de 2005 (um breve registro de Jawed Karim, um dos criadores do projeto, em um zoológico) – o site havia entrado no ar em 14 de fevereiro sem material algum e ainda não era aberto para o público.

Atualmente com mais de 1 bilhão de usuários, o endereço possui incontáveis vídeos que passeiam entre clipes musicais, curtas-metragens, entrevistas e materiais repassados da televisão. Sua importância é tamanha que 300 horas de vídeo são enviadas ao YouTube a cada minuto, com cenas capazes de mobilizar a internet nos 75 países onde está disponibilizado na rede (e em 61 idiomas diferentes).

A celebração da primeira década de atividades do YouTube tem sido marcada pela revelação de listas sobre o hábito dos usuários. No Brasil, o top 10 dos vídeos mais acessados é liderado pelo universo infantil da Galinha Pintadinha e sua versão para Pintinho Amarelinho (mais de 220.373 milhões de visualizações de maneira geral). O restante é uma variação de clipes de sucessos nacionais, como Michel Teló e a dupla Marcos e Belutti, e internacionais, casos de Psy e Kate Perry (veja tabela acima com o cinco mais populares).

Em temas separados, Justin Bieber e o hit adolescente Baby estão no topo na seleção de vídeos musicais com artistas reais (o número de views entre os brasileiros não foi revelado, mas já passa do 1,171 bilhão de plays em todo o mundo), seguido por Luan Santana (Tudo Que Você Quiser) e Anitta (Show das Poderosas). Já os três primeiros dos chamados não musicais colocam o divertido Mataram a Formiguinha e a versão dos palhaços Patati e Patatá para Piuí Abacaxi logo atrás de Pintinho Amarelinho.

Além de apontar os mais populares, essas listas do YouTube aparecem agora para fazer parte de uma espécie de retrospectiva. Se dizem que ‘recordar é viver’, uma boa maneira é lembrar das risadas com Para Nossa Alegria, Na Lata (do Porta dos Fundos) ou com o ex-técnico de futebol Joel Santana falando inglês em um comercial de xampu. Basta dar o play.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;