Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Novo, mas nem tanto

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Renault Duster ganha tapinha no visual, itens diferenciados e preço cai um pouco


Vagner Aquino
Enviado a Campinas (SP)

03/04/2015 | 07:54


 Assim como nas duas semanas anteriores, o assunto aqui é lançamento de utilitário compacto. Primeiro veio o HR-V, depois o Jeep Renegade... Agora, antes de detalhar o Peugeot 2008 – que chega na semana que vem -, vamos falar das (sutis) mudanças recebidas pelo Renault Duster na versão 2016.

Ao contrário de Logan e Sandero (lançados em 2013 e 2014, respectivamente), a estética teve apenas mudanças nos faróis, grade e para-choque – válido, afinal não se trata de uma nova geração como nos casos anteriores. Mas em meio a tudo isso, o que mais chama a atenção está na parte de trás. As lanternas agora têm novas disposições e são iluminadas por LEDs – os faróis não seguiram a cartilha por contenção de custos, afirmaram os executivos da marca.

Com 294 lojas espalhadas pelo País e o respaldo do programa Renault Minuto (serviços de manutenção realizados em, no máximo, duas horas) é notável que a fabricante está focada em vendas e pós-vendas. E esse empenho em agradar a clientela fez com que o modelo – apesar das novidades – tivesse o preço reduzido. É isso aí, de R$ 63.490, o Duster passa a custar R$ 62.990 na versão de entrada Expression com motor 1.6 16V. Vale lembrar que tal propulsor está com até 1 quilo a mais de torque. São 15,9 mkgf de força máxima – a cavalaria continua a mesma: 110/115 cv – com gasolina ou etanol, respectivamente.

No Duster, 75% do mix de comercializações tem motor 1.6 e a versão mais vendida é a Dynamique com câmbio manual, que caiu R$ 1.000 e agora custa R$ 67.990.

Com motor 2.0 (que recebeu nova calibração e ganhou 6 cv, total máximo de 148 cv) e com tração 4x4, os preços da Dynamique saltam para, respectivamente, R$ 72.990 (mais R$ 3.000 com câmbio automático) e R$ 78.490... É o mais barato da concorrência, porém, o Renegade tem a vantagem da motorização a diesel, indisponível no Duster.

Rodando, o parrudinho da Renault (que passou por vedação e está mais silencioso) inova com o modo Eco, que oferece 10% a mais de economia de combustível.

No mais, o utilitário compacto traz acabamento melhorado, luzes laterais, novas rodas de 16” e o Media NAV Evolution, com informações de trânsito em tempo real e acesso a mídias sociais por meio de aplicativo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Novo, mas nem tanto

Renault Duster ganha tapinha no visual, itens diferenciados e preço cai um pouco

Vagner Aquino
Enviado a Campinas (SP)

03/04/2015 | 07:54


 Assim como nas duas semanas anteriores, o assunto aqui é lançamento de utilitário compacto. Primeiro veio o HR-V, depois o Jeep Renegade... Agora, antes de detalhar o Peugeot 2008 – que chega na semana que vem -, vamos falar das (sutis) mudanças recebidas pelo Renault Duster na versão 2016.

Ao contrário de Logan e Sandero (lançados em 2013 e 2014, respectivamente), a estética teve apenas mudanças nos faróis, grade e para-choque – válido, afinal não se trata de uma nova geração como nos casos anteriores. Mas em meio a tudo isso, o que mais chama a atenção está na parte de trás. As lanternas agora têm novas disposições e são iluminadas por LEDs – os faróis não seguiram a cartilha por contenção de custos, afirmaram os executivos da marca.

Com 294 lojas espalhadas pelo País e o respaldo do programa Renault Minuto (serviços de manutenção realizados em, no máximo, duas horas) é notável que a fabricante está focada em vendas e pós-vendas. E esse empenho em agradar a clientela fez com que o modelo – apesar das novidades – tivesse o preço reduzido. É isso aí, de R$ 63.490, o Duster passa a custar R$ 62.990 na versão de entrada Expression com motor 1.6 16V. Vale lembrar que tal propulsor está com até 1 quilo a mais de torque. São 15,9 mkgf de força máxima – a cavalaria continua a mesma: 110/115 cv – com gasolina ou etanol, respectivamente.

No Duster, 75% do mix de comercializações tem motor 1.6 e a versão mais vendida é a Dynamique com câmbio manual, que caiu R$ 1.000 e agora custa R$ 67.990.

Com motor 2.0 (que recebeu nova calibração e ganhou 6 cv, total máximo de 148 cv) e com tração 4x4, os preços da Dynamique saltam para, respectivamente, R$ 72.990 (mais R$ 3.000 com câmbio automático) e R$ 78.490... É o mais barato da concorrência, porém, o Renegade tem a vantagem da motorização a diesel, indisponível no Duster.

Rodando, o parrudinho da Renault (que passou por vedação e está mais silencioso) inova com o modo Eco, que oferece 10% a mais de economia de combustível.

No mais, o utilitário compacto traz acabamento melhorado, luzes laterais, novas rodas de 16” e o Media NAV Evolution, com informações de trânsito em tempo real e acesso a mídias sociais por meio de aplicativo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;