Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Bernardo perde mais uma e diretoria afasta Edson Boaro

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Derrota por 1 a 0 para o Rio Claro foi gota d’água
e novo treinador deve ser apresentado na terça-feira


Vinícius Ramalho
Especial para o Diário

16/03/2015 | 08:32


Os torcedores do São Bernardo compareceram em bom número ao Estádio 1º de Maio para tentar tirar o time da zona de rebaixamento do Paulista. Mas perderam a paciência com a sexta derrota em dez jogos, desta vez para o Rio Claro, por 1 a 0. O resultado custou o cargo do técnico Edson Boaro, que foi afastado, já que continua como funcionário do clube. A diretoria promete apresentar um novo treinador amanhã.

“Tomamos a decisão em consenso entre a diretoria e o próprio treinador. Não podemos mudar os 27 atletas e para um resultado a curto prazo temos de mudar o treinador. A partir de terça-feira (amanhã), na reapresentação, o São Bernardo terá um novo comandante”, informou o cartola, reforçando que o objetivo é tirar o clube da zona de rebaixamento para a Série A-2.

O clima não era bom nem antes nem durante a partida. Faixas de ponta-cabeça, gritos de ‘olé’ enquanto o adversário tocava a bola e questionamentos ao trabalho do técnico Edson Boaro ditavam o tom do confronto.

O Tigre começou dando mostras de que poderia vencer o confronto direto para fugir do rebaixamento. Logo aos quatro minutos, o argentino Cañete chutou forte da entrada da área e obrigou o goleiro Richard a evitar o primeiro gol da partida.

Mas, aos poucos, o Rio Claro foi se acertando na partida e equilibrando as ações. Apesar de um jogo movimentado, as equipes foram para o intervalo sem balançar as redes.

Para a segunda etapa, o agora ex-técnico Edson Boaro mudou o ataque, trocando Henan e Magal por Vanger e Jean Carlos. Logo no primeiro lance, Vanger quase marcou em cabeceio defendido por Richard.

Mas quem abriu o placar foi o Rio Claro. Aos 20, Bruno Cantanhede recebeu na direita e cruzou para Nando Carandina cabecear, da marca do pênalti, colocando os visitantes em vantagem no marcador.

Atrás no placar, o São Bernardo foi em busca do empate e até o goleiro Daniel foi para a área tentar o gol em cobrança de escanteio, mas não conseguiu evitar o resultado, determinante na queda do técnico.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;