Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ultimo invicto cai em Bragança


Analy Cristofani
Especial para o Diário

11/06/2000 | 22:03


O Sao Caetano perdeu a invencibilidade de 16 jogos (14 na etapa atual, e dois na primeira fase) no Grupo A-2 do Campeonato Paulista ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Bragantino, domingo, à tarde, em Bragança Paulista. O gol da equipe do interior foi marcado aos 52 minutos do segundo tempo, depois de uma cobrança de falta pela esquerda, que Rodrigo, na área, completou para o fundo das redes. O gol garantiu a permanência do Bragantino na segunda divisao. Apesar da derrota, o Sao Caetano manteve a liderança do torneio e agora enfrenta o Comercial, de Ribeirao Preto, pelas quartas-de-final.

O técnico Jair Picerni saiu cabisbaixo e nao quis falar nem sobre a derrota nem sobre o seu próximo adversário. Para o meia Leto, os resultados positivos vao chegar "com os acertos que serao feitos nesta semana".

Até domingo, quando o Sao Caetano volta a campo, a equipe deve treinar na Chácara Santa Filomena (Jundiaí), como vem acontecendo nos últimos anos. Segundo o presidente Nairo Ferreira de Souza, a idéia é unir ainda mais comissao técnica e atletas. "Queremos tirar os jogadores da expectativa e do trauma de outras finais. Longe dos torcedores, vamos ter tranqüilidade para trabalhar e conseguir o resultado que estamos buscando", disse.

Concentraçao à parte, o Sao Caetano começou o jogo de forma mais agressiva. O primeiro chute a gol, de Esquerdinha, aconteceu aos seis minutos. O Bragantino respondeu apenas aos 13 minutos. Na melhor jogada da equipe na etapa, o meia Rogerinho acertou um belo chute pelo meio, e o goleiro Sílvio Luiz espalmou.

A partida só voltou a esquentar aos 30 minutos, de novo com Esquerdinha, que virou e bateu de primeira. O goleiro Ricardo defendeu, e a bola bateu na trave. Aos 40, Rogerinho foi a linha de fundo e cruzou para Vanderlei, que de cabeça obrigou o goleiro Sílvio Luiz à defesa.

No segundo tempo, melhorou o jogo e o Bragantino. Aos oito minutos, o zagueiro Dininho, do Sao Caetano, foi expulso numa falta na intermediária. Na mesma jogada, Peribé chutou, Sílvio Luiz tentou a defesa em dois tempos, e quase cedeu o primeiro gol ao adversário. Aos 30 minutos, o árbitro paralisou a partida para que os refletores fossem acesos. A parada esfriou o time da casa, que mesmo jogando com um homem a mais, nao conseguia marcar. O time do Sao Caetano se defendeu como pôde até os minutos finais, mas nao conseguiu resultado.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;