Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Eu nao fui vaiada no Chile', diz Xuxa


Do Diário OnLine

27/02/2000 | 21:03


Xuxa disse neste domingo que nao foi vaiada pelo público do Festival da Cançao de Vina Del Mar, no Chile, no dia 19 de fevereiro. Na ocasiao, ela chorou em pleno palco. A primeira manifestaçao da apresentadora sobre o assunto foi neste domingo. Primeiro em seu programa na Globo, que voltou do período de férias. Sob o coro 'o Chile nao está com nada; no Brasil a rainha é amada' da platéria, Xuxa disse que falaria sobre a polêmica "pela primeira e última vez".

"Existem pessoas mal-intencionadas em qualquer lugar do mundo. Algumas pessoas me trataram mal no Chile, mas estao me tratando mal no Brasil também, ao falar mentiras. Eu nao fui vaiada coisa nenhuma naquele show", disse.

A apresentadora voltou a criticar a imprensa no Fantástico. "Eu queria dizer às pessoas que escreveram um monte de coisas que eles nao sao deuses. Nao têm o direito de tentar acabar com a carreira de uma pessoa como estao tentando fazer comigo. Eu ainda nao estou gorda, velha e acabada, e só vou parar quando meu público pedir", disse em entrevista à repórter Glória Maria.

O Fantástico mostrou a fita do show no Festival da Cançao, gravado pelo Canal 13 de Santiago. Na verdade, Xuxa ficou irritada com a atitude de parte do público, que trocou o refrao da música Ilariê por um palavrao - a paródia foi feita por um comediante chileno na TV. Inicialmente, a apresentadora nao entendeu o que a platéria estava cantando. Perguntou à uma menina e ficou visivelmente incomodada. "Tem crianças aqui. Minha filha Sasha está assistindo a um show meu pela primeira vez. Por favor...", apelou.

Nao adiantou muito. Parte da platéria do festival, que de tao implacável ganhou o apelido de 'monstro de mil cabeças' dos artistas chilenos, continuou a provocar Xuxa. "Há dez anos eu estive aqui e sempre fui recebida com muito carinho. E nao voltei para vender discos. Todas as músicas que cantei hoje aqui sao antigas. Eu nao sou cantora. Nem tenho voz para isso. Sou apenas uma animadora da televisao brasileira que veio aqui passar uma mensagem e fazer vocês felizes", discursou a apresentadora - embora ela nao admita, pode-se perceber vaias de parte do público na gravaçao.

Xuxa nao aguentou as provocaçoes. Disse que as pessoas nao estavam felizes, agradeceu e abandonou o palco. Neste momento, parte do público (especialmente crianças e adolescentes que estavam na frente) começou a aplaudir e a gritar o nome da brasileira. O apresentador do festival chamou entao Xuxa de volta e pediu que ela cantasse Ilariê. "Eu pensei que vocês nao me queriam aqui", disse.

Sob aplausos, a apresentadora nao resistiu e começou a chorar. "Será que ninguém me conhece? Sabem que eu choro sempre, especialmente quando vejo a emoçao do meu público, e foi isso que aconteceu. Fiquei emocionada com o carinho deles", disse Xuxa ao Fantástico.

Na segunda vez, o público poupou Xuxa e nao cantou o refrao parodiado. A apresentadora agradeceu e recebeu o prêmio Gaivota de Prata, o principal do festival. Com Sasha no colo disse que estava muito emocionada. Apesar de dizer que nao está magoada, a apresentadora mandou devolver o troféu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Eu nao fui vaiada no Chile', diz Xuxa

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;