Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ribeirão homenageia estudante

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marco Antônio da Cruz Romano, 11 anos, da EE Profa. Judith Ferreira Piva, conquistou primeiro lugar na Olimpíada Brasileira de Astronomia


Renata Rocha
Especial para o Diário

14/11/2014 | 07:00


Incentivar jovens a se interessarem por diferentes assuntos é um dos objetivos da escola. Participar de competições e desafios são algumas atividades que fazem diferença na hora de o aluno aprender. Esse é o caso do estudante do 6º ano do Ensino Fundamental da EE Professora Judith Ferreira Piva Marco Antônio da Cruz Romano, 11 anos, que ganhou medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. O garoto foi homenageado ontem pelo prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB).

“O Marco elevou o nome da nossa cidade e trouxe prestígio para a Educação. Ele é um garoto superesforçado e merece ser parabenizado por essa premiação. Só ganha o primeiro lugar em uma olimpíada educacional uma crianças que se esforçou, e isso fica bem claro quando se conhece o Marco”, disse o prefeito.

Este foi o segundo ano que a escola participou da competição. A professora de Ciências e Química Neusa Maria Alves confessa que, apesar de o tema ser algo diferente e que chama a atenção, poucos alunos se interessam em participar, estudar e conhecer mais sobre o assunto.

“Expliquei a proposta da prova e passei o conteúdo. Depois disso, deixei os estudantes livres. Quem se interessou pesquisou mais sozinho e, quando surgiram dúvidas, eles puderam tirar comigo. O Marco foi um dos que se empenharam e isso é ótimo porque o próprio aluno vai aprendendo o que é caminhar sozinho e ter suas próprias conquistas”, destacou Neusa.

Segundo a mãe de Marco, a professora Gilza Cordeiro da Cruz, 45, foi uma surpresa para todos quando souberam do resultado da olimpíada. “O Marco sempre gostou de Ciências, mas no dia a dia ele não é uma pessoa que carrega um livro de lá para cá. Esse resultado é por conta do esforço que teve ao estudar o assunto. Fiquei muito orgulhosa do meu filho.”

ESTÍMULO

Não só para a mãe como para o próprio estudante o resultado foi uma surpresa. “Sou muito curioso, gosto de pesquisar e de Ciências. Mas nunca imaginei que iria ganhar uma competição. Agora quero participar de outras, pois foi bem legal estudar sobre astronomia”, garantiu o menino.

Para a coordenadora do Ensino Fundamental da escola, Maria Célia Figueiredo, motivar o estudante a participar desse tipo de competição é importante não pela premiação, mas por todo o estudo envolvido e pelos temas diferenciados que são apresentados aos jovens.

Em todo o País, foram mais de 772 mil estudantes participando da Olimpíada. Marco está entre os 42.556 medalhistas do Brasil, 523 deles do Grande ABC. No total, foram 10.412 medalhistas de ouro. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;