Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Tião nega relação com Jabá: ‘Estou muito triste e sofrendo’

Presidente da Câmara é citado em telefonema por acusado de chefiar tráfico internacional


Gustavo Pinchiaro

16/10/2014 | 07:00


O presidente da Câmara de São Bernardo, Tião Mateus (PT), afirmou desconhecer Jailson Lopes de Souza, o Jabá, acusado de chefiar quadrilha internacional de tráfico de drogas, e disse estar “triste” por ter sido relacionado no caso.

Segundo inquérito da Polícia Civil que apura relação de Jabá com o vice-prefeito são-bernardense, Frank Aguiar (PMDB), ao qual o Diário teve acesso, o vereador do PT é citado por Jabá em telefonema do dia 10 de março ao peemedebista. Ele revela estar almoçando no Gaia, restaurante da Rota do Frango com Polenta da cidade, ao lado de Tião.
“Sou homem público e dou meu telefone para todo mundo. Aconteceu de, naquele dia, infelizmente, ter aquela situação”, justificou o presidente da Câmara. O inquérito mostra que Jabá passou o telefone para o vereador, que conversou rapidamente com Frank.

Tião disse que recebeu a informação com surpresa e que está tratando o caso com “tranquilidade”. “As pessoas que estão perto de mim (advogados) estão correndo atrás do processo todo, do inquérito e me pediram para não comentar o assunto. Fiquei muito triste e estou sofrendo. Mas não sou só eu, minha família toda também está. É ruim (essa situação)”, avaliou o presidente do Legislativo.

A investigação da Polícia Civil busca identificar se Frank realizou negócios particulares com Jabá para lavar dinheiro do tráfico de drogas. Há suspeita de que o suposto traficante usava o prestígio político do vice-prefeito para criar empresas de fachada para legalizar lucros de organização criminosa e de venda de gasolina adulterada.
Frank nega as acusações, embora admita que conhece Jabá. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tião nega relação com Jabá: ‘Estou muito triste e sofrendo’

Presidente da Câmara é citado em telefonema por acusado de chefiar tráfico internacional

Gustavo Pinchiaro

16/10/2014 | 07:00


O presidente da Câmara de São Bernardo, Tião Mateus (PT), afirmou desconhecer Jailson Lopes de Souza, o Jabá, acusado de chefiar quadrilha internacional de tráfico de drogas, e disse estar “triste” por ter sido relacionado no caso.

Segundo inquérito da Polícia Civil que apura relação de Jabá com o vice-prefeito são-bernardense, Frank Aguiar (PMDB), ao qual o Diário teve acesso, o vereador do PT é citado por Jabá em telefonema do dia 10 de março ao peemedebista. Ele revela estar almoçando no Gaia, restaurante da Rota do Frango com Polenta da cidade, ao lado de Tião.
“Sou homem público e dou meu telefone para todo mundo. Aconteceu de, naquele dia, infelizmente, ter aquela situação”, justificou o presidente da Câmara. O inquérito mostra que Jabá passou o telefone para o vereador, que conversou rapidamente com Frank.

Tião disse que recebeu a informação com surpresa e que está tratando o caso com “tranquilidade”. “As pessoas que estão perto de mim (advogados) estão correndo atrás do processo todo, do inquérito e me pediram para não comentar o assunto. Fiquei muito triste e estou sofrendo. Mas não sou só eu, minha família toda também está. É ruim (essa situação)”, avaliou o presidente do Legislativo.

A investigação da Polícia Civil busca identificar se Frank realizou negócios particulares com Jabá para lavar dinheiro do tráfico de drogas. Há suspeita de que o suposto traficante usava o prestígio político do vice-prefeito para criar empresas de fachada para legalizar lucros de organização criminosa e de venda de gasolina adulterada.
Frank nega as acusações, embora admita que conhece Jabá. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;