Cena Política

Morando no tabuleiro ao governo paulista




É cada vez mais provável a ida do vice-governador paulista Rodrigo Garcia (DEM) para o PSDB, na estratégia do atual governador João Doria (PSDB) em pavimentar sua candidatura à Presidência da República de ter um candidato à sucessão no Estado oriundo do tucanato. Quem observa com extrema atenção toda movimentação é o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB). O nome do tucano são-bernardense tem aparecido nas rodas de conversa no Palácio dos Bandeirantes como potencial candidato a vice. Ele teria, inclusive, enviado sinais de que não teria objeção em se mudar para o DEM, já que Doria busca união com os democratas na tentativa de voo ao Palácio do Planalto. Pesam a favor de Morando a experiência na Assembleia Legislativa (foi deputado estadual por quatro mandatos), a ligação próxima com Doria e a reeleição sem sobressaltos em São Bernardo no pleito do ano passado.

BASTIDORES

Concorrência
Nesta discussão sobre potencial candidato a vice-governador da chapa governista, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), tende a ter a concorrência do secretário estadual de Desenvolvimento Regional e presidente paulista do tucanato, Marco Vinholi. Assim como Rodrigo Garcia (DEM), preferido do governador João Doria (PSDB) na sucessão, Vinholi é do Interior do Estado, mas, nos últimos anos, tem militado na Capital. Curiosamente, Vinholi assumiu mandato de deputado estadual em 2017 quando Morando precisou renunciar ao cargo para virar prefeito são-bernardense.

Fotos e críticas
Ainda em São Bernardo, rodou em grupos de WhatsApp imagem do deputado federal Alex Manente (Cidadania), que, na sexta-feira, anunciou envio de recursos para o hospital de campanha de Ribeirão Pires. Ele estava ao lado de grupo que o apoia na cidade, como os vereadores Diogo Manera (PSDB) e Amanda Nabeshima (PTB), além dos ex-vice-prefeitos de Ribeirão Edinaldo de Menezes, o Dedé (Cidadania), e Gabriel Roncon (PTB) e o ex-prefeiturável de Rio Grande da Serra Akira Auriani (PSB). O trio é funcionário da Prefeitura de Santo André e, na hora do expediente, foram prestigiar o anúncio do parlamentar federal.

Visita
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) esteve ontem na Câmara de São Bernardo para visitar o gabinete do vereador Paulo Chuchu (PRTB), que foi seu assessor parlamentar. Estava junto do deputado estadual Gil Diniz (ex-PSL).

Licitação
Está prevista para hoje a abertura dos envelopes na segunda fase da licitação para contratação de empresa que fará a publicidade da Prefeitura de São Bernardo. Serão avaliados os preços oferecidos pelas concorrentes.

Convocação aceita
A defesa do ex-superintendente administrativo da OAS José Ricardo Nogueira Breghirolli confirmou a participação na CPI montada na Câmara de São Bernardo. Seu depoimento está marcado para hoje, às 10h, na sede do Legislativo. Breghirolli firmou acordo de delação premiada com o MPF (Ministério Público Federal) no qual apontou pagamentos na ordem de R$ 12 milhões para agentes públicos de São Bernardo.

Substituta
Liana Crocco, que já foi diretora da Fundação das Artes de São Caetano, foi deslocada para comandar a Secretaria de Cultura da cidade. Ela substitui João Manoel da Costa Neto, que foi trabalhar na Capital. 

Comentários


Veja Também



Voltar