Cena Política

PT mostra irritação com postura de Arlindo


Dirigentes e militantes históricos do PT de Santo André estão um tanto descontentes, para não dizer surpresos, com movimentação do ex-secretário no governo Carlos Grana (2013-2016) Arlindo José de Lima, recentemente envolvido em suspeitas de uso de ‘laranja’ para ocultar propriedade de empresa que tinha contrato com a administração. O motivo é que um dos integrantes do núcleo duro da gestão petista estaria com o pé em duas canoas de olho nas eleições do ano que vem: internamente, defende a candidatura de Grana ao Paço, mas, por fora, estaria no barco de Ailton Lima (PSD), inclusive com visitas a empresários da cidade em busca de apoios. A postura de Arlindo tem causado espanto porque se trata de figura de proa do partido no município, ainda mais que a sigla já fechou que terá candidato próprio à sucessão de Paulo Serra (PSDB) em 2020. Aliás, no momento são citados seis nomes: os ex-prefeitos João Avamileno e Carlos Grana, os vereadores Bete Siraque e Eduardo Leite, o ex-deputado Professor Luizinho e o militante Eric Silva.

Título de cidadão
Vereador licenciado e secretário de Administração da Prefeitura de Rio Grande da Serra, Clauricio Bento (DEM) entregou título de cidadão rio-grandense conferido ao ex-juiz e a atual ministro da Justiça, Sérgio Moro. A honraria foi recebida por Flávia Blanco, chefe de gabinete de Moro na pasta. “Moro é um homem de pulso forte e de muita coragem e a homenagem é mais do que justa”, argumentou o democrata a respeito da condecoração. Moro nunca pisou em Rio Grande da Serra.

Visitas
O deputado estadual Thiago Auricchio (PR) segue o rito de visitar figuras públicas do Grande ABC e do Estado. Na segunda-feira, esteve com secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, para discutir a situação dos piscinões da região e a necessidade de construção do reservatório Jaboticabal. Ontem, foi à Câmara de São Bernardo para conversar com o presidente da casa, Ramon Ramos (PDT).

Indicação
O vereador Jander Lira (PP), de São Caetano, encaminhou indicação para o governo solicitando a aplicação de reajuste da inflação dos últimos anos no debate de majoração salarial dos servidores. Ele argumentou que em São Bernardo houve aplicação do acréscimo salarial e que, em Santo André, o tema é debatido entre sindicato e administração. “No ano passado o prefeito concedeu apenas 2% de aumento, sendo que ficou condicionado um reajuste de 5,7%, mas dividido em 2019 e 2020. Minha indicação é para lembrar desse acordo e que o reajuste tenha também a inflação do período”, disse.

Esperança
Vereador de Rio Grande da Serra, Marcelo Cabeleireiro ainda tenta reverter a expulsão do PT. Ele foi retirado dos quadros da legenda ao apoiar explicitamente o governo do prefeito Gabriel Maranhão (Cidadania) e apoiar candidatos a deputado de outras siglas.

BO
Servidora de Mauá registrou BO (Boletim de Ocorrência) contra o secretário de Administração da cidade, Paulo Cordeiro, acusando-o de agressão verbal. Ela relatou que, na hora do almoço, reclamou no refeitório da Prefeitura sobre a falta de arroz e feijão. Neste momento, Cordeiro teria gritado com ela. “Quem você pensa que é para ofender e tratar mal as pessoas aqui? Eu não admito que tratem mal os funcionários aqui, na minha gestão não. Ela contou para a polícia que deixou o local passando mal, vomitando, mas foi seguida pelo titular da pasta. O caso tramita na DDM (Delegacia da Mulher) de Mauá.

Nomeação
A prefeita de Mauá, Alaíde Damo (MDB), oficializou a contratação de Maiara Iaconelli Doratioto como assessora especial no gabinete da chefe do Executivo. Maiara é prima de segundo grau da emedebista e, em uma das passagens de Alaíde como prefeita interina, ela foi secretária de Desenvolvimento Econômico. No passado, foi secretária adjunta de Governo na administração de Saulo Benevides (MDB, de 2013 a 2016) em Ribeirão Pires. 

Comentários


Veja Também


PT mostra irritação com postura de Arlindo

Dirigentes e militantes históricos do PT de Santo André estão um tanto descontentes, para não dizer surpresos, com movimentação do ex-secretário no governo Carlos Grana (2013-2016) Arlindo José de Lima, recentemente envolvido em suspeitas de uso de ‘laranja’ para ocultar propriedade de empresa qu...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar