Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bicombustível impulsiona vendas em maio


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

19/05/2005 | 08:17


Promoções e a procura por carros bicombustíveis (álcool e gasolina) ajudaram o setor automobilístico a crescer em vendas no início deste mês, segundo representantes das concessionárias do Grande ABC. As vendas nacionais de veículos zero km foram 8% maiores na primeira quinzena deste mês na comparação com os primeiros quinze dias de abril. Foram comercializados 71.734 veículos nos primeiros quinze dias, volume que também foi superior, em 27%, ao da metade inicial de maio de 2004. Os números são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Segundo o presidente do Sincodives (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado de São Paulo) e vice-presidente da Fenabrave, Octávio Leite Vallejo, as ações promocionais contribuíram para o impulso nas vendas. O período inicial do mês teve um dia útil a mais em relação à primeira metade do mês passado mas, mesmo com a ressalva, Vallejo afirma que o desempenho está melhor. "O bicombustível na linha de carros populares também dá um ânimo novo às concessionárias", diz.

A Volkswagen, por exemplo, lançou recentemente o Gol City 1.0 na versão flex fuel. A gerente da revenda VW Avel, de Santo André, Ednéia Vedovato, afirma que foi registrada uma aquecida nas vendas no início do mês. "Estamos com movimento de 15% a 20% melhor que no início do mês passado", diz a gerente. A Avel deverá realizar um feirão na loja neste final de semana para consolidar a ampliação do volume no fechamento do mês.

A loja Ford Mix, de São Caetano, também apresenta desempenho superior ao da quinzena inicial de abril. Segundo o supervisor de vendas da revenda, Valdemir Coltro, na primeira metade deste mês foram comercializados na concessionária 100 veículos, 30% a mais na comparação com a mesma quinzena do mês anterior. Ele afirma que campanhas de mídia da fabricante e a taxa promocional de 0,99% oferecida pela montadora para a venda financiada do Fiesta e do Ka tem sido um atrativo. Embora ainda não tenha sido lançado oficialmente, a loja já comercializa o EcoSport 1.6 flexível (álcool e gasolina). "O EcoSport caiu no agrado (do consumidor) e com a versão flex agradou mais ainda", afirma.

O supervisor da revenda Chevrolet Primarca, Aladim Araújo, observa que a comercialização de bicombustíveis não pára de crescer. "Com o litro do álcool a R$ 1,20 e a gasolina custando o dobro, muita gente quer ter um", diz.

Para ele, se a General Motors já tivesse lançado um carro mil flexível, as vendas poderiam ser até melhores. Mas os resultados da loja estão superiores, em 10%, na primeira metade do mês. Araújo considera que, depois de pagar no início do ano tradicionais despesas (IPVA, gastos escolares), os consumidores voltaram a pesquisar para trocar de carro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bicombustível impulsiona vendas em maio

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

19/05/2005 | 08:17


Promoções e a procura por carros bicombustíveis (álcool e gasolina) ajudaram o setor automobilístico a crescer em vendas no início deste mês, segundo representantes das concessionárias do Grande ABC. As vendas nacionais de veículos zero km foram 8% maiores na primeira quinzena deste mês na comparação com os primeiros quinze dias de abril. Foram comercializados 71.734 veículos nos primeiros quinze dias, volume que também foi superior, em 27%, ao da metade inicial de maio de 2004. Os números são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Segundo o presidente do Sincodives (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado de São Paulo) e vice-presidente da Fenabrave, Octávio Leite Vallejo, as ações promocionais contribuíram para o impulso nas vendas. O período inicial do mês teve um dia útil a mais em relação à primeira metade do mês passado mas, mesmo com a ressalva, Vallejo afirma que o desempenho está melhor. "O bicombustível na linha de carros populares também dá um ânimo novo às concessionárias", diz.

A Volkswagen, por exemplo, lançou recentemente o Gol City 1.0 na versão flex fuel. A gerente da revenda VW Avel, de Santo André, Ednéia Vedovato, afirma que foi registrada uma aquecida nas vendas no início do mês. "Estamos com movimento de 15% a 20% melhor que no início do mês passado", diz a gerente. A Avel deverá realizar um feirão na loja neste final de semana para consolidar a ampliação do volume no fechamento do mês.

A loja Ford Mix, de São Caetano, também apresenta desempenho superior ao da quinzena inicial de abril. Segundo o supervisor de vendas da revenda, Valdemir Coltro, na primeira metade deste mês foram comercializados na concessionária 100 veículos, 30% a mais na comparação com a mesma quinzena do mês anterior. Ele afirma que campanhas de mídia da fabricante e a taxa promocional de 0,99% oferecida pela montadora para a venda financiada do Fiesta e do Ka tem sido um atrativo. Embora ainda não tenha sido lançado oficialmente, a loja já comercializa o EcoSport 1.6 flexível (álcool e gasolina). "O EcoSport caiu no agrado (do consumidor) e com a versão flex agradou mais ainda", afirma.

O supervisor da revenda Chevrolet Primarca, Aladim Araújo, observa que a comercialização de bicombustíveis não pára de crescer. "Com o litro do álcool a R$ 1,20 e a gasolina custando o dobro, muita gente quer ter um", diz.

Para ele, se a General Motors já tivesse lançado um carro mil flexível, as vendas poderiam ser até melhores. Mas os resultados da loja estão superiores, em 10%, na primeira metade do mês. Araújo considera que, depois de pagar no início do ano tradicionais despesas (IPVA, gastos escolares), os consumidores voltaram a pesquisar para trocar de carro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;