Fechar
Publicidade

Domingo, 12 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Volpi se licencia do cargo por 12 dias


Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

13/02/2009 | 07:00


O prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV), deve ficar afastado do cargo por 12 dias, para tratamento médico. A partir de segunda-feira, o vice-prefeito, Ednaldo Menezes, o Dedé (PPS), deverá ocupar a cadeira de prefeito interinamente. O popular-socialista é o mais cotado para ocupar a vaga de sucessor de Volpi em 2012.

O vice-prefeito confirma que essa será a primeira vez que ocupará a cadeira do Executivo e servirá de experiência. "Estou com uma expectativa muito grande, mas manterei as diretrizes do prefeito", conta.

Dedé afirma que visitará a Câmara na próxima semana para sentar com os vereadores e explicar a situação. "Como saí do Legislativo no ano passado, ainda tenho uma relação muito estreita com os vereadores e acho importante discutir com eles a situação da Prefeitura nos próximos dias."

Ele aproveitará a visita para discutir com os parlamentares um projeto de lei para garantir subvenção às entidades da cidade. "Temos de discutir com a Câmara esse repasse financeiro. Faço isso porque fiquei lá nos últimos quatro anos e ainda estou ligado ao Legislativo", explica.

O vice, que esteve com Volpi em Brasília para a reunião com prefeitos, diz que ainda está se ambientando com o cargo. "Acho que serei o primeiro vice nesta legislatura a assumir o cargo. Mas farei um trabalho correto, dentro da proposta do meu partido." Volpi deve voltar à Prefeitura apenas em março.            



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Volpi se licencia do cargo por 12 dias

Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

13/02/2009 | 07:00


O prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV), deve ficar afastado do cargo por 12 dias, para tratamento médico. A partir de segunda-feira, o vice-prefeito, Ednaldo Menezes, o Dedé (PPS), deverá ocupar a cadeira de prefeito interinamente. O popular-socialista é o mais cotado para ocupar a vaga de sucessor de Volpi em 2012.

O vice-prefeito confirma que essa será a primeira vez que ocupará a cadeira do Executivo e servirá de experiência. "Estou com uma expectativa muito grande, mas manterei as diretrizes do prefeito", conta.

Dedé afirma que visitará a Câmara na próxima semana para sentar com os vereadores e explicar a situação. "Como saí do Legislativo no ano passado, ainda tenho uma relação muito estreita com os vereadores e acho importante discutir com eles a situação da Prefeitura nos próximos dias."

Ele aproveitará a visita para discutir com os parlamentares um projeto de lei para garantir subvenção às entidades da cidade. "Temos de discutir com a Câmara esse repasse financeiro. Faço isso porque fiquei lá nos últimos quatro anos e ainda estou ligado ao Legislativo", explica.

O vice, que esteve com Volpi em Brasília para a reunião com prefeitos, diz que ainda está se ambientando com o cargo. "Acho que serei o primeiro vice nesta legislatura a assumir o cargo. Mas farei um trabalho correto, dentro da proposta do meu partido." Volpi deve voltar à Prefeitura apenas em março.            

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;