Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia ouvirá motorista sobre acidente em Curitiba



04/08/2020 | 07:08


A Polícia Civil de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (PR), deve ouvir nos próximos dias testemunhas e o motorista do caminhão que se chocou no domingo à noite com vários carros no quilômetro 77 da rodovia BR-277, no bairro Afonso Pena, no limite entre Curitiba e São José dos Pinhais. O acidente envolveu 23 veículos, deixou oito mortos e outros 21 feridos. Uma das vítimas, em estado grave, corre sério risco de vida.

O Corpo de Bombeiros, que mandou equipes ao local, acredita que a neblina e a fumaça provocada por uma queimada à beira da estrada tenham provocado a tragédia. "De acordo com as filmagens, a fumaça não subiu e, com a neblina, ficou sem visibilidade nenhuma", disse a primeiro-tenente da corporação, Camila Mahmoud. Ela alertou sobre o aumento das queimadas. "Estamos passando pela maior estiagem dos últimos 20 anos. Com isso, aumentou em 77% o número de queimadas em relação ao ano passado."

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, sete pessoas morreram no local. A oitava vítima foi levada para o Hospital Cajuru, em Curitiba, mas não resistiu aos ferimentos. Outra pessoa corre sério risco de vida e as demais 21 vítimas apresentam ferimentos leves.

Também foram contabilizados 16 carros (sendo uma viatura da PM), cinco motocicletas e um caminhão atingidos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia ouvirá motorista sobre acidente em Curitiba


04/08/2020 | 07:08


A Polícia Civil de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (PR), deve ouvir nos próximos dias testemunhas e o motorista do caminhão que se chocou no domingo à noite com vários carros no quilômetro 77 da rodovia BR-277, no bairro Afonso Pena, no limite entre Curitiba e São José dos Pinhais. O acidente envolveu 23 veículos, deixou oito mortos e outros 21 feridos. Uma das vítimas, em estado grave, corre sério risco de vida.

O Corpo de Bombeiros, que mandou equipes ao local, acredita que a neblina e a fumaça provocada por uma queimada à beira da estrada tenham provocado a tragédia. "De acordo com as filmagens, a fumaça não subiu e, com a neblina, ficou sem visibilidade nenhuma", disse a primeiro-tenente da corporação, Camila Mahmoud. Ela alertou sobre o aumento das queimadas. "Estamos passando pela maior estiagem dos últimos 20 anos. Com isso, aumentou em 77% o número de queimadas em relação ao ano passado."

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, sete pessoas morreram no local. A oitava vítima foi levada para o Hospital Cajuru, em Curitiba, mas não resistiu aos ferimentos. Outra pessoa corre sério risco de vida e as demais 21 vítimas apresentam ferimentos leves.

Também foram contabilizados 16 carros (sendo uma viatura da PM), cinco motocicletas e um caminhão atingidos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;