Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Straw diz que objetivo do mundo não é tirar Saddam do poder


Da AFP

13/09/2002 | 08:34


Ao contrário das intenções manifestadas por diversas autoridades dos EUA e implicitamente pelo presidente George W. Bush, que querem de qualquer modo a queda do regime de Saddam Hussein, pela primeira vez sua principal aliada, a Grã-Bretanha, parece pensar o contrário.

O ministro britânico das Relações Exteriores, Jack Straw, assinalou que o objetivo da comunidade internacional não é derrubar Saddam Hussein, mas sim destruir o arsenal iraquiano. A declaração, que de certo modo contradiz o primeiro-ministro Tony Blair, está contida numa entrevista divulgada nesta sexta-feira pela BBC.

"Pode haver mudança de regime no Iraque, em conseqüência de uma ação militar e como único meio de forçar o cumprimento da vontade das Nações Unidas, mas devemos nos concentrar nas armas de destruição em massa", disse Straw.

O chanceler lembrou, porém, que "o mundo inteiro quer livrar-se de Saddam Hussein, mas o centro das discussões no Conselho de Segurança é o perigo que o atual regime iraquiano representa".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Straw diz que objetivo do mundo não é tirar Saddam do poder

Da AFP

13/09/2002 | 08:34


Ao contrário das intenções manifestadas por diversas autoridades dos EUA e implicitamente pelo presidente George W. Bush, que querem de qualquer modo a queda do regime de Saddam Hussein, pela primeira vez sua principal aliada, a Grã-Bretanha, parece pensar o contrário.

O ministro britânico das Relações Exteriores, Jack Straw, assinalou que o objetivo da comunidade internacional não é derrubar Saddam Hussein, mas sim destruir o arsenal iraquiano. A declaração, que de certo modo contradiz o primeiro-ministro Tony Blair, está contida numa entrevista divulgada nesta sexta-feira pela BBC.

"Pode haver mudança de regime no Iraque, em conseqüência de uma ação militar e como único meio de forçar o cumprimento da vontade das Nações Unidas, mas devemos nos concentrar nas armas de destruição em massa", disse Straw.

O chanceler lembrou, porém, que "o mundo inteiro quer livrar-se de Saddam Hussein, mas o centro das discussões no Conselho de Segurança é o perigo que o atual regime iraquiano representa".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;