Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ponte Preta muda postura contra o Grêmio para se reabilitar diante de sua torcida



14/09/2016 | 06:40


A Ponte Preta quer mostrar uma postura diferente diante do Grêmio, nesta quarta-feira, em jogo que começa às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Marcar bem e aproveitar as falhas do adversário é a estratégia armada para recuperar os dois pontos perdidos e a queda de três posições - da 7.ª para a 10.ª com 35 pontos - no empate com o lanterna América-MG por 1 a 1, na última rodada, também como mandante.

Para o técnico Eduardo Baptista, é preciso esquecer o jogo contra o time mineiro, "quando jogamos mal, talvez igual quando perdemos aqui dentro para o Cruzeiro por 4 a 0". Dentro de casa, a Ponte Preta faz boa campanha, onde não perde desde a 10.ª rodada, quando foi goleado pelo Cruzeiro, no dia 22 de junho. Desde então foram dois empates e cinco vitórias, a última diante do Corinthians por 2 a 0.

Apostando que o seu time não joga duas vezes tão mal, ele espera a reabilitação diante do time gaúcho, que é definido "como uma grande força, que passa por alguma instabilidade e vem a Campinas com alguns desfalques pontuais" como o meia Douglas, suspenso, e Maycon, machucado. De outro lado, elogia outros jogadores como Bolaños, Ruan e Pedro Rocha.

O time campineiro está praticamente definido. Como o volante Wendel continua vetado por uma lesão na panturrilha e Abuda não atuou bem no último domingo, a comissão técnica busca uma outra alternativa. João Vitor e Maycon são considerados titulares, mas falta um terceiro homem capaz de dar mais dinâmica ao setor. Thiago Galhardo, que executa bem este papel, continua de fora por mais alguns dias por causa de uma entorse no tornozelo.

Matheus Jesus pode ser o terceiro volante. Élton é outra opção, porém não está descartada a entrada de Felipe Azevedo pelo lado direito com Rhayner atuando mais centralizado. Ele era dúvida com tornozelo direito inchado, mas participou normalmente do treino realizado nesta terça-feira.

Eduardo Baptista esconde o time, mas confirma que não muda o sistema tático já habituado no 4-3-3 com um atacante enfiado e os dois das beiradas mais recuados. William Pottker, artilheiro do time com oito gols, está confirmado. Ele também sentiu dores musculares e chegou a preocupar os médicos. Mas fez exames, nada foi constatado e vira esperança de gols para a torcida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ponte Preta muda postura contra o Grêmio para se reabilitar diante de sua torcida


14/09/2016 | 06:40


A Ponte Preta quer mostrar uma postura diferente diante do Grêmio, nesta quarta-feira, em jogo que começa às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Marcar bem e aproveitar as falhas do adversário é a estratégia armada para recuperar os dois pontos perdidos e a queda de três posições - da 7.ª para a 10.ª com 35 pontos - no empate com o lanterna América-MG por 1 a 1, na última rodada, também como mandante.

Para o técnico Eduardo Baptista, é preciso esquecer o jogo contra o time mineiro, "quando jogamos mal, talvez igual quando perdemos aqui dentro para o Cruzeiro por 4 a 0". Dentro de casa, a Ponte Preta faz boa campanha, onde não perde desde a 10.ª rodada, quando foi goleado pelo Cruzeiro, no dia 22 de junho. Desde então foram dois empates e cinco vitórias, a última diante do Corinthians por 2 a 0.

Apostando que o seu time não joga duas vezes tão mal, ele espera a reabilitação diante do time gaúcho, que é definido "como uma grande força, que passa por alguma instabilidade e vem a Campinas com alguns desfalques pontuais" como o meia Douglas, suspenso, e Maycon, machucado. De outro lado, elogia outros jogadores como Bolaños, Ruan e Pedro Rocha.

O time campineiro está praticamente definido. Como o volante Wendel continua vetado por uma lesão na panturrilha e Abuda não atuou bem no último domingo, a comissão técnica busca uma outra alternativa. João Vitor e Maycon são considerados titulares, mas falta um terceiro homem capaz de dar mais dinâmica ao setor. Thiago Galhardo, que executa bem este papel, continua de fora por mais alguns dias por causa de uma entorse no tornozelo.

Matheus Jesus pode ser o terceiro volante. Élton é outra opção, porém não está descartada a entrada de Felipe Azevedo pelo lado direito com Rhayner atuando mais centralizado. Ele era dúvida com tornozelo direito inchado, mas participou normalmente do treino realizado nesta terça-feira.

Eduardo Baptista esconde o time, mas confirma que não muda o sistema tático já habituado no 4-3-3 com um atacante enfiado e os dois das beiradas mais recuados. William Pottker, artilheiro do time com oito gols, está confirmado. Ele também sentiu dores musculares e chegou a preocupar os médicos. Mas fez exames, nada foi constatado e vira esperança de gols para a torcida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;