Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mesa promete atenção especial para a questão indígena


Da AFP

18/10/2003 | 13:10


O novo presidente da Bolívia, Carlos Mesa, revelou neste sábado que incluirá representantes indígenas em seu gabinete ministerial. Ele anunciou também que vai trabalhar para convencer os bolivianos da importância da exportação de gás. As declarações foram feitas em entrevista à rádio colombiana 'Caracol'.

"O conceito é que encontremos, e estamos trabalhando para isso, homens e mulheres profissionais, representantes do mundo indígena, que tenham a condição e a capacidade para levar adiante uma gestão de gabinete e de governo adequada", disse Mesa.

Para o novo chefe de Estado, a criação de um setor indígena em seu governo é fundamental para as questões da atualidade do país. "Estamos trabalhando nisso, não quero antecipar nada, mas eu acho que é um elemento indispensável hoje em dia", disse.

No entanto, Mesa destacou que "não há nenhuma razão para estabelecer que produtores de coca ou agricultores do altiplano ou algum grupo em particular, por razão do setor que representam, tenham uma presença no gabinete".

"O processo político no qual estamos inclui a necessidade de diálogo com Jaime Paz Zamora, com Manfred Reyes Villa, com Evo Morales, que são os líderes dos principais partidos do país, e com partidos menores", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mesa promete atenção especial para a questão indígena

Da AFP

18/10/2003 | 13:10


O novo presidente da Bolívia, Carlos Mesa, revelou neste sábado que incluirá representantes indígenas em seu gabinete ministerial. Ele anunciou também que vai trabalhar para convencer os bolivianos da importância da exportação de gás. As declarações foram feitas em entrevista à rádio colombiana 'Caracol'.

"O conceito é que encontremos, e estamos trabalhando para isso, homens e mulheres profissionais, representantes do mundo indígena, que tenham a condição e a capacidade para levar adiante uma gestão de gabinete e de governo adequada", disse Mesa.

Para o novo chefe de Estado, a criação de um setor indígena em seu governo é fundamental para as questões da atualidade do país. "Estamos trabalhando nisso, não quero antecipar nada, mas eu acho que é um elemento indispensável hoje em dia", disse.

No entanto, Mesa destacou que "não há nenhuma razão para estabelecer que produtores de coca ou agricultores do altiplano ou algum grupo em particular, por razão do setor que representam, tenham uma presença no gabinete".

"O processo político no qual estamos inclui a necessidade de diálogo com Jaime Paz Zamora, com Manfred Reyes Villa, com Evo Morales, que são os líderes dos principais partidos do país, e com partidos menores", concluiu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;