Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Burle Marx é atração em Nova York

Divulgação: Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Miriam Gimenes
Do Diário o

07/05/2016 | 06:04


A exposição Roberto Burle Marx: Modernista Brasileiro, que tem como uma das principais obras a tapeçaria emprestada pela Prefeitura de Santo André, teve início ontem, no Museu Judaico de Nova York. Com 26,38 metros de comprimento e 3,27 metros de altura e avaliada em R$ 3 milhões, a obra ganhou grande destaque na mostra, que ficará em cartaz até dia 18 de setembro.

O empréstimo foi aprovado pelos órgãos de preservação do patrimônio e foi necessária ainda uma autorização do Iphan para a saída da obra do País. O Museu Judaico de Nova York, em contrapartida, subsidiará a restauração das luminárias do saguão do Teatro Municipal. Para tanto, o valor de R$ 38 mil – já depositado – será destinado ao Fundo Municipal de Cultura exclusivamente para este fim.

A tapeçaria está instalada no salão nobre do nono andar do prédio do Executivo, no Paço Municipal – projetado pelo arquiteto Rino Levi – desde a inauguração do prédio, em 1969. Outro trabalho de Burle Marx no local é o painel em concreto no saguão do Teatro Municipal e todo paisagismo do Paço. Esta não é a primeira vez que a obra sai da cidade para participar de exposição. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Burle Marx é atração em Nova York

Miriam Gimenes
Do Diário o

07/05/2016 | 06:04


A exposição Roberto Burle Marx: Modernista Brasileiro, que tem como uma das principais obras a tapeçaria emprestada pela Prefeitura de Santo André, teve início ontem, no Museu Judaico de Nova York. Com 26,38 metros de comprimento e 3,27 metros de altura e avaliada em R$ 3 milhões, a obra ganhou grande destaque na mostra, que ficará em cartaz até dia 18 de setembro.

O empréstimo foi aprovado pelos órgãos de preservação do patrimônio e foi necessária ainda uma autorização do Iphan para a saída da obra do País. O Museu Judaico de Nova York, em contrapartida, subsidiará a restauração das luminárias do saguão do Teatro Municipal. Para tanto, o valor de R$ 38 mil – já depositado – será destinado ao Fundo Municipal de Cultura exclusivamente para este fim.

A tapeçaria está instalada no salão nobre do nono andar do prédio do Executivo, no Paço Municipal – projetado pelo arquiteto Rino Levi – desde a inauguração do prédio, em 1969. Outro trabalho de Burle Marx no local é o painel em concreto no saguão do Teatro Municipal e todo paisagismo do Paço. Esta não é a primeira vez que a obra sai da cidade para participar de exposição. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;