Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sto.André sela reabilitação na Série B


Kati Dias
Do Diário do Grande ABC

27/05/2006 | 20:44


O Santo André selou a reabilitação na Série B do Brasileiro ao derrotar o Coritiba por 2 a 1, de virada, neste sábado à tarde, no estádio Bruno Daniel. Com o resultado, o Ramalhão chegou a nove pontos e deu prosseguimento à luta para se afastar da zona de rebaixamento. O Coxa, por outro lado, continuou com 14 pontos, porém distante da liderança da competição.

O jogo começou truncado. Ambas as equipes se prenderam à marcação no meio- campo. O Santo André foi o primeiro a furar o bloqueio do Coritiba. Aos seis minutos, Pará foi derrubado no setor esquerdo. Ele mesmo cobrou a falta, mas a bola foi para fora.

Depois, o Ramalhão aproveitou a deficiência do Coritiba no lado direito e insistiu em jogadas pelo setor. Aos 11, foi a vez do adversário ameaçar o gol do Ramalhão. Ricardinho quase fez um gol olímpico pela esquerda, mas Marcelo Bonan salvou.

A dificuldade em chegar ao gol do Santo André fez com que o time paranaense endurecesse a marcação. Aos 16, Caio derrubou Leandro Makelelê próximo à pequena área. Emerson chutou, mas a defesa rival afastou.

O Ramalhão cresceu no jogo. Aos 23, Elton invadiu a pequena área, recuou e foi derrubado perto da meia-lua. Ele mesmo bateu a falta, mas Cleber se esticou todo para defender. Aos 30, Elton aprontou novamente. Após tabela na pequena área, o atacante concluiu a jogada com uma bela bicicleta. O goleiro do Coritiba afastou.

O Santo André dava pouco espaço para o Coritiba. Entretanto, a chance que o Coxa precisava para abrir o marcador veio em um lance de bola parada. Aos 36, Marcelo Batatais disparou um canhão direto para o gol do Santo André: 1 a 0.

O Ramalhão tratou de buscar o empate. Pressionou o adversário até que, aos 40, em um bate-rebate na pequena área, o capitão Vander cabeceou direto para o gol: 1 a 1.

Pressão – Na etapa complementar, o Santo André entrou disposto a ampliar o marcador. Aos dois minutos, o capitão Vander disparou pela esquerda e deixou Elton na cara do gol. No susto, Cleber defendeu.

O Coxa também pressinou o time do Grande ABC. A equipe aproveitou a queda de rendimento do Ramalhão e diminuiu os espaços. O jogo ficou dramático e, com o temor de levar o segundo gol, o Santo André recuou. A sorte do time mudou aos 27 minutos. Leandro Makelelê escapou e lançou Elton, que foi derrubado por Jackson próximo à área. Ele mesmo bateu a falta, mas Cleber defendeu parcialmente. No rebote, Galiardo aproveitou e chutou no canto direito: 2 a 1. n

Resultado
SANTO ANDRÉ: Marcelo Bonan; Alexandre, Ozéia, Galiardo e Pará; Bruno, Emerson, Leandro Makelelê e Vander; Elton e Cadu (Leandrinho). Técnico: Ruy Scarpino.

CORITIBA: Kleber; Henrique, Batatais e Josué; Wilton Goiano, Márcio Egídio, Jackson (Fábio Pinto), Caio e Ricardinho; Eanes (Anderson) e Alberto (Jeferson).

Técnico: Paulo Bonamigo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André sela reabilitação na Série B

Kati Dias
Do Diário do Grande ABC

27/05/2006 | 20:44


O Santo André selou a reabilitação na Série B do Brasileiro ao derrotar o Coritiba por 2 a 1, de virada, neste sábado à tarde, no estádio Bruno Daniel. Com o resultado, o Ramalhão chegou a nove pontos e deu prosseguimento à luta para se afastar da zona de rebaixamento. O Coxa, por outro lado, continuou com 14 pontos, porém distante da liderança da competição.

O jogo começou truncado. Ambas as equipes se prenderam à marcação no meio- campo. O Santo André foi o primeiro a furar o bloqueio do Coritiba. Aos seis minutos, Pará foi derrubado no setor esquerdo. Ele mesmo cobrou a falta, mas a bola foi para fora.

Depois, o Ramalhão aproveitou a deficiência do Coritiba no lado direito e insistiu em jogadas pelo setor. Aos 11, foi a vez do adversário ameaçar o gol do Ramalhão. Ricardinho quase fez um gol olímpico pela esquerda, mas Marcelo Bonan salvou.

A dificuldade em chegar ao gol do Santo André fez com que o time paranaense endurecesse a marcação. Aos 16, Caio derrubou Leandro Makelelê próximo à pequena área. Emerson chutou, mas a defesa rival afastou.

O Ramalhão cresceu no jogo. Aos 23, Elton invadiu a pequena área, recuou e foi derrubado perto da meia-lua. Ele mesmo bateu a falta, mas Cleber se esticou todo para defender. Aos 30, Elton aprontou novamente. Após tabela na pequena área, o atacante concluiu a jogada com uma bela bicicleta. O goleiro do Coritiba afastou.

O Santo André dava pouco espaço para o Coritiba. Entretanto, a chance que o Coxa precisava para abrir o marcador veio em um lance de bola parada. Aos 36, Marcelo Batatais disparou um canhão direto para o gol do Santo André: 1 a 0.

O Ramalhão tratou de buscar o empate. Pressionou o adversário até que, aos 40, em um bate-rebate na pequena área, o capitão Vander cabeceou direto para o gol: 1 a 1.

Pressão – Na etapa complementar, o Santo André entrou disposto a ampliar o marcador. Aos dois minutos, o capitão Vander disparou pela esquerda e deixou Elton na cara do gol. No susto, Cleber defendeu.

O Coxa também pressinou o time do Grande ABC. A equipe aproveitou a queda de rendimento do Ramalhão e diminuiu os espaços. O jogo ficou dramático e, com o temor de levar o segundo gol, o Santo André recuou. A sorte do time mudou aos 27 minutos. Leandro Makelelê escapou e lançou Elton, que foi derrubado por Jackson próximo à área. Ele mesmo bateu a falta, mas Cleber defendeu parcialmente. No rebote, Galiardo aproveitou e chutou no canto direito: 2 a 1. n

Resultado
SANTO ANDRÉ: Marcelo Bonan; Alexandre, Ozéia, Galiardo e Pará; Bruno, Emerson, Leandro Makelelê e Vander; Elton e Cadu (Leandrinho). Técnico: Ruy Scarpino.

CORITIBA: Kleber; Henrique, Batatais e Josué; Wilton Goiano, Márcio Egídio, Jackson (Fábio Pinto), Caio e Ricardinho; Eanes (Anderson) e Alberto (Jeferson).

Técnico: Paulo Bonamigo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;