Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Major da PM assume sistema penitenciário do Rio


Do Diário OnLine

14/09/2002 | 18:55


O novo diretor do Departamento de Sistema Penitenciário (Desipe) do Estado do Rio de Janeiro é o major da Policia Militar Hugo Freire de Vasconcelos Filho, que vai substituir Edison Oliveira. A nomeação foi confirmada neste sábado pelo secretário Estadual de Segurança Pública, Roberto Aguiar, após uma reunião que envolveu a cúpula do governo fluminense. A intenção é exercer um controle mais rígido no sistema penitenciário, inclusive com a cassação de regalias a presos de alta periculosidade.

Oliveira foi afastado do cargo por causa da rebelião ocorrida entre quarta e quinta-feira passadas no complexo penitenciário de Bangu I. Após a rebelião, o traficante Luiz Fernando da Costa (Fernandinho Beira-Mar) e quatro comparsas foram transferidos para o Batalhão de Choque da PM do Rio, na sexta-feira.

O secretário de Justiça do Rio, Paulo Saboya, afirmou à TV Globonews que a governadora Benedita da Silva (PT) sentiu a necessidade de uma "mudança no perfil" no comando do Desipe. O major Hugo, há 17 anos na PM, atuava no setor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública. Nas palavras de Saboya, ele tem "maior intimidade com questões de informação e administração do sistema prisional".

Aguiar adiantou que o governo do Rio vai "radicalizar até o fim" para coibir a violência no Estado. No tocante ao sistema prisional, a idéia é extinguir regalias como banho de sol e visitas íntimas aos presos. A segurança do complexo Bangu passará a ser feita por policias militares, e não mais por agentes do Desipe. O major Hugo exigiu o compromisso da cúpula de Segurança Pública pela integração das policias Civil e Militar e a mobilização das forças policiais, sem burocracia, sempre que houver uma emergência.

"O Desipe não acabou, ele continua existindo. Toda essa mudança visa tornar o Desipe novamente uma entidade eficiente e confiável", afirmou o major.

Beira-Mar - O governo do Rio continua preocupado com o destino que vai dar ao traficante Luiz Fernando da Costa. Na sexta à noite, Benedita se reuniu pessoalmente com o presidente Fernando Henrique Cardoso e pediu para que Beira-Mar seja levado para fora do Rio. FHC prometeu à governadora que fará o possível junto ao Ministério da Justiça para cumprir o pedido.

O secretário Aguiar, entretanto, afirmou que o governo federal já poderia ter transferido Beira-Mar e passou toda a responsabilidade sobre a guarda do traficante para o presidente. "No aspecto jurídico, está tudo acertado. O que falta é vontade política do presidente Fernando Henrique Cardoso para que ele seja transferido do Rio", afirmou. "O presidente da República vai dar ou uma demonstração de indiferença com o Rio de Janeiro, ou uma mostra de apreço ", completou.

Cinema - A revista de sexta-feira na cadeia Bangu III terminou com a apreensão de um aparelho de DVD, quatro celulares, dez carregadores e 30 disquetes. A polícia desconfia que os disquetes armazenam a contabilidade de diversos traficantes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;