Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ásia: Bush pai e Clinton querem arrecadação internacional de fundos


Da AFP

04/01/2005 | 09:33


Os ex-presidentes dos Estados Unidos George Bush e Bill Clinton, designados para liderar os esforços de arrecadação de fundos privados para as vítimas do maremoto na Ásia, disseram na noite de segunda-feira que pretendem levar sua campanha ao mundo todo.

"No que diz respeito ao presidente Clinton e a mim, esta coleta seria em todo o mundo", disse George Bush, pai do atual presidente, George W. Bush, em uma entrevista ao programa "Larry King" da CNN. "Seria com todo o mundo incluído", disse.

George W. Bush colocou seu pai e seu antecessor, Bill Clinton, no comando dos esforços para arrecadar doações privadas nos Estados Unidos para os países devastados pelas tsunamis.

Ao lado dos dois ex-presidentes, Bush pediu aos americanos e aos empresários que façam doações às agências humanitárias que já estão ajudando os países devastados pelo maior terremoto no planeta em quatro décadas e as enormes ondas geradas pelo mesmo.

"Estamos fazendo o correto. Me sinto bem em doar, em tentar ajudar os demais", disse o presidente.

O ex-presidente Clinton, por sua vez, disse que a ajuda dos governos estrangeiros, apesar de grande, não será suficiente. "A curto prazo, as necessidades serão contadas em milhares de milhões", disse Clinton. "E, entre os compromissos públicos e privados atuais, chegamos a quase US$ 3 bilhões. O governo dos Estados Unidos será convocado a realizar o maior esforço de reconstrução a longo prazo".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ásia: Bush pai e Clinton querem arrecadação internacional de fundos

Da AFP

04/01/2005 | 09:33


Os ex-presidentes dos Estados Unidos George Bush e Bill Clinton, designados para liderar os esforços de arrecadação de fundos privados para as vítimas do maremoto na Ásia, disseram na noite de segunda-feira que pretendem levar sua campanha ao mundo todo.

"No que diz respeito ao presidente Clinton e a mim, esta coleta seria em todo o mundo", disse George Bush, pai do atual presidente, George W. Bush, em uma entrevista ao programa "Larry King" da CNN. "Seria com todo o mundo incluído", disse.

George W. Bush colocou seu pai e seu antecessor, Bill Clinton, no comando dos esforços para arrecadar doações privadas nos Estados Unidos para os países devastados pelas tsunamis.

Ao lado dos dois ex-presidentes, Bush pediu aos americanos e aos empresários que façam doações às agências humanitárias que já estão ajudando os países devastados pelo maior terremoto no planeta em quatro décadas e as enormes ondas geradas pelo mesmo.

"Estamos fazendo o correto. Me sinto bem em doar, em tentar ajudar os demais", disse o presidente.

O ex-presidente Clinton, por sua vez, disse que a ajuda dos governos estrangeiros, apesar de grande, não será suficiente. "A curto prazo, as necessidades serão contadas em milhares de milhões", disse Clinton. "E, entre os compromissos públicos e privados atuais, chegamos a quase US$ 3 bilhões. O governo dos Estados Unidos será convocado a realizar o maior esforço de reconstrução a longo prazo".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;