Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 13 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

PMI industrial da Espanha sobe para 52,8 em março



01/04/2014 | 06:56


O índice dos gerentes de compras (PMI) industrial da Espanha subiu para 52,8 em março, de 52,5 em fevereiro, segundo dados finais publicados pela Markit Economics. Números acima de 50 indicam expansão da atividade industrial do país. O indicador atingiu seu maior nível de expansão desde abril de 2010.

O aumento mais acentuado da produção industrial e das novas encomendas sustentaram a alta do PMI industrial espanhol. Para o economista-sênior da Market e autor da pesquisa, Andrew Harker, a recente melhora do setor manufatureiro da Espanha se confirmou em março, consolidando um sólido crescimento no primeiro trimestre deste ano. "Os aumentos mais fortes das novas encomendas sugerem a possibilidade de que a produção industrial registre novos ganhos no curto prazo", afirmou Harker.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PMI industrial da Espanha sobe para 52,8 em março


01/04/2014 | 06:56


O índice dos gerentes de compras (PMI) industrial da Espanha subiu para 52,8 em março, de 52,5 em fevereiro, segundo dados finais publicados pela Markit Economics. Números acima de 50 indicam expansão da atividade industrial do país. O indicador atingiu seu maior nível de expansão desde abril de 2010.

O aumento mais acentuado da produção industrial e das novas encomendas sustentaram a alta do PMI industrial espanhol. Para o economista-sênior da Market e autor da pesquisa, Andrew Harker, a recente melhora do setor manufatureiro da Espanha se confirmou em março, consolidando um sólido crescimento no primeiro trimestre deste ano. "Os aumentos mais fortes das novas encomendas sugerem a possibilidade de que a produção industrial registre novos ganhos no curto prazo", afirmou Harker.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;