Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Powell: Abbas terá de agir contra violência em troca de apoio dos EUA


Da AFP

12/01/2005 | 08:20


O secretário de Estado americano, Colin Powell, disse nesta quarta-feira que o novo presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, precisar agir de forma decidida contra os movimentos extremistas para ter o apoio dos Estados Unidos.

"Acredito que agora (Abbas) deve tomar uma posição forte, clara, pública contra o terrorismo", frisou o chefe da diplomacia dos EUA em entrevista ao canal Fox News. "Mas não deve ser apenas uma posição. Deve combater as forças dentro da comunidade palestina que ainda pensam que há lugar para o terrorismo. Se ele fizer isso, então os Estados Unidos poderão apoiá-lo", acrescentou.

De acordo com o Departamento de Estado, Powell falou por telefone na terça-feira com Abbas para parabenizá-lo por sua vitória nas urnas. O secretário também conversou com o vice-premiê israelense, Shimon Peres, e seu ministro das Relações Exteriores, Sylvan Shalom.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Powell: Abbas terá de agir contra violência em troca de apoio dos EUA

Da AFP

12/01/2005 | 08:20


O secretário de Estado americano, Colin Powell, disse nesta quarta-feira que o novo presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, precisar agir de forma decidida contra os movimentos extremistas para ter o apoio dos Estados Unidos.

"Acredito que agora (Abbas) deve tomar uma posição forte, clara, pública contra o terrorismo", frisou o chefe da diplomacia dos EUA em entrevista ao canal Fox News. "Mas não deve ser apenas uma posição. Deve combater as forças dentro da comunidade palestina que ainda pensam que há lugar para o terrorismo. Se ele fizer isso, então os Estados Unidos poderão apoiá-lo", acrescentou.

De acordo com o Departamento de Estado, Powell falou por telefone na terça-feira com Abbas para parabenizá-lo por sua vitória nas urnas. O secretário também conversou com o vice-premiê israelense, Shimon Peres, e seu ministro das Relações Exteriores, Sylvan Shalom.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;